Jéssica Ellen, Paula Possani e Susana Ribeiro farão a série “Assédio”

Jéssica Ellen (Foto: Reprodução)

Após “Filhos da Pátria” (de Bruno Mazzeo), “Malhação – Pro Dia Nascer Feliz” (de Emanuel Jacobina) e “A Lei do Amor” (de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari), Jéssica Ellen, Paula Possani e Susana Ribeiro vão participar da série “Assédio”, primeira produção original da plataforma de vídeo por streaming Globo Play.

Na história, que se trata de uma adaptação do livro “A Clínica – A Farsa E Os Crimes de Roger Abdelmassih” (de Vicente Vilardaga), suas personagens procuram o médico Roger Abdelmassih (Antonio Calloni) em sua clínica particular, com o intuito de fazer fertilização in vitro para engravidar através de inseminação artificial.

Apesar de ser nacionalmente reconhecido como um homem acima de qualquer suspeita, o amigo de Hebe Maria Monteiro de Camargo Ravagnani (Vera Fischer) e marido de Carolina Maria Sacco (Paolla Oliveira) assedia as personagens em seu consultório, fazendo com que a informação seja ventilada por uma jornalista investigativa (Caroline Abras).

A partir do momento em que a jornalista investigativa conclui sua reportagem, que acumula diferentes casos de assédio e estupro, Roger Abdelmassih é preso e condenado a 278 de prisão. Ele tenta fugir para Assunção, no Paraguai, porém, acaba sendo deportado para Foz do Iguaçu, no Paraná, enquanto Carolina consegue fugir.

O elenco da série “Assédio” é formado até o momento pelos atores Adriana Esteves, Antonio Calloni, Bárbara Paz, Caroline Abras, Felipe Camargo, Fernanda D’Umbra, Gilda Nomacce, Hermila Guedes, Jéssica Ellen, João Miguel, Mariana Lima, Monica Iozzi, Paolla Oliveira, Paula Possani, Pedro Necessian, Sabrina Greve, Silvia Lourenço, Susana Ribeiro e Vera Fischer.

Escrita por Maria Camargo, com a colaboração de Bianca Ramoneda, Fernando Rebelo e Pedro de Barros, a produção conta com direção geral de Joana Jabace e direção artística de Amora Mautner. Ao contrário de outros projetos, o produto em questão não vai ser levado ao ar na Rede Globo.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.