Resumo Semanal: Novela “Os Dez Mandamentos”: 15/11/2017 a 17/11/2017

Guilherme Winter (Foto: Reprodução)

CAPÍTULO 082: QUARTA-FEIRA: 15/11/2017
Paser fica perplexo ao ouvir as confissões de Yunet. Nefertari se preocupa com a ausência do sacerdote. Jahi, o sobrinho de Nayla, cumprimenta Ramsés. Ikeni estranha o nervosismo de Bakenmut. Ramsés fica ansioso com a chegada de Nefertari para a cerimônia de casamento. Karoma encontra Simut e pergunta sobre Paser. Yunet continua fazendo revelações sobre o passado ao marido. Escondida, Nayla fica perplexa com as confissões da vilã. Karoma chega e Paser disfarça. Jahi nota Nayla bebendo de forma exagerada e estranha o comportamento da tia. Ramsés ordena que Disebek verifique a demora de Nefertari. Yunet chega e diz que Paser já trará a noiva. O sacerdote troca palavras amorosas com a futura rainha. Moisés pede para falar com Menahem. Betânia conversa com a adivinha no vilarejo da cidade. Bakenmut se irrita com as perguntas de Ikeni. Simut conversa com Gahiji e tenta disfarçar a tensão. Nefertari finalmente chega à sala do trono para a cerimônia de casamento. Nayla vê a satisfação de Yunet e contém a raiva. Judite encontra Miriã e diz que o marido se meteu em alguma encrenca. Kamuzu propõe a Apuki uma maneira de quitar a dívida, mas o feitor não gosta da proposta. Zípora tenta consolar Adira. Moisés entrega um anel para Menahem e diz para o rapaz pedir a mão de Adira em casamento. Ramsés e Nefertari se casam oficialmente. Ada alerta Betânia sobre o perigo de se entregar a um estranho. Nayla não suporta ver Yunet discursando na cerimônia e grita para todos dizendo que é falsidade da mãe da noiva. Todos ficam perplexos e Tuya tenta conter Nayla. A tia de Jahi revela que na verdade Nefertari é filha de Disebek. Ramsés intervém e pede silêncio. Paser confirma as acusações de Nayla. Surpresa, Henutmire questiona Disebek. O general assume que Yunet trabalhou na Casa de Senet e afirma que não é possível saber quem é o verdadeiro pai de Nefertari. A vilã se irrita e chama Disebek de canalha. Paser também acusa a esposa pelo assassinato de Maya. Moisés e Zípora se beijam ansiosos com os preparativos do casamento. Ramsés ordena a prisão de Yunet e pede para ficar a sós com Disebek. Os hebreus aguardam o cortejo dos noivos egípcios. Arão diz não ter esperança que Ramsés faça um bom reinado para os escravos. Ikeni acompanha Yunet até a cela. Nefertari se entristece com o desfecho da cerimônia. Disebek tenta se explicar para o faraó, mas Ramsés se mostra decepcionado com o general. Henutmire surpreende Tuya ao pedir para falar com Yunet. Simut e Gahiji conversam sobre a confusão na cerimônia. Paser conversa com Nefertari e tenta consolar a filha. Bakenmut revela para Ikeni que Paser o flagrou aos beijos com Yunet. Detida, a vilã se anima ao saber que Henutmire deseja vê-la.

CAPÍTULO 083: QUINTA-FEIRA: 16/11/2017
Bakenmut estranha a confiança de Yunet e afirma que Ramsés jamais irá perdoá-la pela morte de Maya. Yunet cai em si e pede ajuda para fugir. Bakenmut diverte-se com o desespero dela e é agredido. Um guarda aparece para levar Yunet até Henutmire. Ramsés acusa Disebek de ter trazido uma assassina para o palácio e o pune com o exílio para longe do Egito. Henutmire agradece Nayla por ter desmascarado Yunet e a abraça emocionada. Hur lamenta que Henutmire tenha sido enganada durante anos por Disebek e Yunet. Jetro presenteia Zípora com um bonito colar que pertencia a esposa e Betânia sente inveja da irmã. Moisés conta que não tem como pagar o dote de Zípora e Jetro aceita o trabalho dele como pagamento. Assim que vê Henutmire, Yunet se joga aos pés dela e suplica por perdão. Nayla e Tuya ficam perplexas com a encenação. Henutmire é firme, avisa que a farsa de Yunet acabou e pede que as servas retirem os adornos de nobre dela. Yunet abandona a postura de súplica e revela que sempre foi fácil enganar a princesa. Nayla e Tuya ajudam Henutmire a dar uma surra em Yunet. Karoma foge do harém apavorada ao ver Yunet sendo golpeada. Paser é procurado por Disebek, mas se nega a conversar e desconta a raiva desferindo um soco no rosto dele. Nefertari fica assustada ao saber por Karoma que Yunet está apanhando. Miriã estranha a demora no cortejo e Judite desconfia que algo aconteceu. Nefertari interrompe a surra em Yunet e pede para ficar a sós com a mãe. Yunet lembra que a filha se tornou rainha graças a ela. Nefertari afirma que Yunet enganou todo mundo e a chama de monstro. Yunet vê a filha abandonando-a e se desespera. Disebek tenta se desculpar com Henutmire, mas é expulso do quarto dela e sai arrasado. Betânia morre de ciúmes ao ver Moisés e Zípora se beijando apaixonados. Judite percebe que Apuki arrumou uma encrenca, mas ele hesita em falar. Tuya elogia a punição de Ramsés para Disebek e afirma que Yunet merece morrer por tudo que fez. Ramsés comunica Nefertari que Yunet será condenada à morte. Nefertari implora para que o rei tenha piedade e não seja tão radical, deixando-o em dúvida. Baruk e Aníbal ficam admirados com o anel que Moisés deu para que Menahem entregue à Jetro e consiga casar-se com Adira. Apuki revela que o homem a quem deve quer se deitar com Judite como forma de pagamento e a deixa chocada. Ramsés informa Yunet que irá poupá-la da morte somente porque ama Nefertari e a expulsa do palácio. Yunet confessa que preferia morrer do que voltar a ser pobre e é carregada para rua por oficias. Nefertari sofre ao ver a mãe indo embora. Um escriba avisa que não haverá cortejo e Bezalel se entristece porque não encontrará Uri. Leila avista Yunet sendo jogada para fora do palácio e fica impressionada. Disebek disfarça a emoção ao se despedir de Bakenmut e Ikeni. Miriã comemora que a família terá uma refeição farta graças aos mantimentos dados por Ramsés ao povo hebreu. As irmãs de Zípora suspiram ao vê-la sendo carinhosa com Moisés. Apesar de indignada, Judite aceita se deitar com o homem para salvar a família de represálias, mas avisa que Apuki terá uma dívida eterna com ela. Yunet retorna para a casa de Senet e pede emprego. Betânia se disfarça de prostituta e aborda um viajante. Jetro reconhece a filha pela pulseira que lhe presenteou e corre atrás dela.

CAPÍTULO 084: SEXTA-FEIRA: 17/11/2017
Betânia está prestes a se entregar a um viajante quando é surpreendida por Jetro e Moisés. Yunet, humilhada, aguarda resposta do atendente, que a coloca para cuidar da limpeza, mas ela tenta convencê-lo de que sabe seduzir um homem muito bem. Nefertari revela a Karoma preocupação com o futuro da mãe. Tuya chega para conversar com Nefertari mas, diante da negativa da jovem rainha, ela exige ser ouvida. Disebek vai até a Casa de Senet para se despedir e o atendente oferece a ele uma moça recém-chegada. Judite recebe o jogador em casa para pagar a aposta de Apuki enquanto o marido leva as crianças para brincar no rio. Betânia cobra Mahira o amor de Moisés. A adivinha pede que Betânia continue com o plano para ela ter o que tanto deseja. Menahem briga com Baruk e Anibal em defesa de Adira e das irmãs. Disebek descobre que a nova moça é Yunet e os dois discutem. Henutmire desabafa com Hur e volta atrás na expulsão de Leila do palácio. Yunet se sente humilhada por Disebek e, em um ato de raiva, desfere um golpe de adaga e mata o general. O atendente da Casa de Senet vai até o palácio contar sobre o ocorrido. Ramsés e Paser se assustam com a notícia. Uri chega em casa alegre e conta as últimas novidades à família. Zípora e Moisés namoram olhando as estrelas. Moisés conversa apaixonado e sugere apressar o casamento. Zípora concorda, com a intenção de dar uma alegria ao pai. Anrão questiona Miriã sobre Hur. A jovem nega o interesse do joalheiro em namorá-la e, para a tristeza de Miriã, Anrão lembra que o Hur abandonou os deuses deles e se tornou um egípcio. Hur encontra Henutmire pensativa no jardim do palácio, os dois conversam e Hur consola a princesa. Eles trocam olhares com intensidade e se beijam.