Tammy di Calafiori será mulher vingativa na novela “Orgulho e Paixão”

Tammy di Calafiori (Foto: Felipe Panfili)

No ar como Lia em “O Rico e Lázaro” (de Paula Richard), na Record TV, a atriz Tammy Di Calafiori está seguindo os passos de Bia Arantes e Fernanda Nobre. Ela está escalada para a próxima novela das 18h da Rede Globo, “Orgulho e Paixão”, que estreia dia 13 de março.

Na história, que fala sobre as peripécias das irmãs Cecília (Ana Júlia Dorigon), Elizabeta (Nathalia Dill), Jane (Pâmela Tomé), Lydia (Bruna Griphão) e Mariana (Chandelly Braz) na fictícia cidade de Vale do Café, localizada no interior do estado de São Paulo, ela vai interpretar uma mulher extremamente amargurada e vingativa.

Outro núcleo importante da trama – que possui gênero de comédia romântica – é o da lavoura de café da família de Emma (Agatha Moreira) e Julieta (Gabriela Duarte), onde Suzana (Alessandra Negrini) vira funcionária junto com a divertida governanta Petúnia (Grace Gianoukas), após tentar aplicar um golpe em seu ex-marido rico.

O elenco da novela “Orgulho e Paixão” é formado até o momento pelos atores Agatha Moreira, Alessandra Negrini, Ana Júlia Dorigon, Ary Fontoura, Bruna Griphão, Bruno Gissoni, Chandelly Braz, Gabriela Duarte, Grace Gianoukas, Jairo Mattos, Joaquim Lopes, JP Rufino, Juliano Laham, Letícia Persiles, Malvino Salvador, Marcos Pitombo, Maurício Destri, Murilo Rosa, Nathalia Dill, Pâmela Tomé, Oscar Magrini, Polly Marinho, Ricardo Tozzi, Rodrigo Simas, Rômulo Arantes Neto, Rosane Gofman, Silvio Guindane, Tammy di Calafiori, Tato Gabus Mendes, Tony Correia e Vera Holtz.

Escrita por Marcos Bernstein, com a colaboração de Giovana Moraes, Juliana Peres e Victor Atherino, a antecessora de “Sal da Terra” (de Thelma Guedes e Duca Rachid) se trata de uma adaptação liberal de diferentes livros românticos da escritora inglesa Jane Austen. A direção geral está correndo sob a responsabilidade de Alexandre Klemperer, Allan Fiterman e Bia Coelho. A direção artística está correndo sob a responsabilidade de Fred Mayrink.