Série com Marjorie Estiano, Nanda Costa e Rômulo Estrela estreia dia 2 de janeiro

Marjorie Estiano (Foto: Reprodução)

O filme de longa-metragem “Entre Irmãs” (de Patrícia Andrade) vai ser exibido em formato de série a partir do dia 2 de janeiro na Rede Globo. Dirigida pelo cineasta brasiliense Breno Silveira, a adaptação televisiva – protagonizada pelos atores Marjorie Estiano, Nanda Costa e Rômulo Estrela – possui estrutura diferente e cenas inéditas.

Ambientada no ano de 1930, na cidade de Taguaritinga do Norte, localizada no interior do estado de Pernambuco, a história possui início quando Emília (Marjorie Estiano) e Luzia (Nanda Costa) são surpreendidas com a morte da sua única parente viva, que se trata da sua tia, a costureira Sofia (Cyria Coentro).

Ao longo da trama, Carcará (Júlio Machado) invade o município e obriga Luzia a acompanhá-lo para o cangaço, momento a partir do qual os dois acabam se apaixonando um pelo outro. Por causa de uma deficiência física, Luzia não cria expectativas sobre futuro e aceita o que o destino oferece.

Emília, por sua vez, sonha em encontrar seu príncipe encantado desde criança e é resgatada das garras de Carcará por Degas (Rômulo Estrela), que a leva para morar na cidade de Recife. Os dois se casam, mas Emília não sabe que Degas é apaixonado por outro rapaz, Felipe (Gabriel Stauffer).

O elenco completo da série “Entre Irmãs” é formado pelos atores Ângelo Antônio, Bertho Filho, Bruno Pêgo, Cláudio Ferrario, Cláudio Jaborandy, Cleyton Alves, Fábio Lago, Gabriel Stauffer, Júlio Machado, Letícia Colin, Lívia Falcão, Marjorie Estiano, Nanda Costa, Rita Assemany, Rômulo Estrela e Vinícius Nascimento.

Co-produzida entre as produtoras Conspiração Filmes e Globo Filmes, com distribuição das produtoras H2O Filmes e Sony Pictures, a série “Entre Irmãs” se trata de uma versão liberal do livro “A Costureira e o Cangaceiro” (de Frances de Pontes Peebles), que mistura os gêneros de drama, melodrama e romance para falar sobre dificuldades do sertão nordestino.