Resumo Semanal: Novela “Ribeirão do Tempo”: 30/10/2017 a 03/11/2017

Bianca Rinaldi (Foto: Divulgação)

CAPÍTULO 160: SEGUNDA-FEIRA: 30/10/2017
Joca tenta convencer Arminda a permanecer no Brasil, mas ela diz que não vai se submeter a Bruno. Sônia diz a André que eles vão se casar no dia seguinte e quer saber se ele vai morar junto dela na casa de Ajuricaba até o bebê nascer. André concorda e diz para avisar Ajuricaba. Os dois ficam felizes e apreensivos ao mesmo tempo. Virgínia arruma a sala de casa para o casamento, enquanto Ajuricaba resmunga e diz que nunca é consultado. Arminda demora a chegar em casa e Marisa pede a Elza para servir o jantar. Querêncio diz a Filomena que tentou ajudar Arminda, mas Teixeira disse que ele poderia atrapalhar mais do que ajudar. Diana e Filomena insistem com Querêncio, e dizem que não confiam no “varapau”. Léia liga para Joca, ele diz que está de campana e desliga. A mãe do detetive acha que ele está delirando, como Flores havia dito. Diana conversa com Filomena sobre o casamento com Tito e ela diz que acabou de vez. Newton tenta convencer Tito de que ele se envolveu com Filomena e o aventureiro diz que não está mal por isso, mas por não ter cumprido o acordo do casamento. Filó vai conversar com Sancha, que percebe sua tristeza. Joca diz a Arminda que não tem porquê eles se esconderem mais, já que ela vai embora de Ribeirão. Para surpresa de Joca, Arminda concorda e sugere ir beber alguma coisa no centro histórico. Quando descem do carro na praça, algumas pessoas estranham o casal. Joca decide levar Arminda ao Já Era. Romeu, Cardoso e Ivo estão no boteco quando o casal entra. Perplexidade geral. Léia conta a Flores que Joca sumiu. O professor diz que ele pode estar envolvido em alguma organização clandestina e Léia fica nervosa. Flores pede para ela contar tudo quando Joca reaparecer. Lorota pede para todo mundo voltar a beber, ou vão deixar Arminda sem graça. Clorís discute com Tito sobre o empréstimo e o casamento. Filomena desabafa com Sancha. O médico diz a Guilherme que sua mãe está estabilizada e vai melhorar. Patrícia conta a Carmen o que o médico disse e ela fica mais calma. Léia está sentada no colo de Flores quando Sereno entra sorrateiro e tenta contar uma fofoca, mas o professor o bota para fora. Joca deixa Arminda no Solar e tenta mais uma vez convencê-la a ficar no Brasil. Ela diz que vai tentar ficar até o final do semestre para não atrapalhar os estudos de Diana. Joca sai e Arminda relembra o dia em que o conheceu. Arminda e Querêncio conversam sobre a destituição do cargo e Diana fica angustiada. André se despede do pai e pede mais uma vez para ele ir ao casamento. Lincon diz que é impossível e Patrícia ajuda o filho com as malas. Ajuricaba resmunga sobre a decoração do casamento. Virgínia estoura de raiva acumulada e diz que ele destruiu o sonho dela e da filha de um casamento digno na igreja. Virgínia sai e Ajuricaba fica em graça e pensativo. Diana conta para Carmen que já esqueceu André, e Guilherme tenta disfarçar a felicidade. Bruno e Teixeira aguardam Arminda, que está trancada na sala ao telefone. Ajuricaba diz a Ari que não acha que o líder dos operários seja o responsável pela bomba. O delegado implica com Sérgio, dizendo que ele é um ator. Virgínia se emociona ao ver Sônia vestida para casar. Sônia usa um vestido elegante, mas não de noiva. Lincon resmunga sobre o casamento do filho para Lilian. Começa o casamento de Sônia e André.

CAPÍTULO 161: TERÇA-FEIRA: 31/10/2017
Joca tenta convencer Arminda a permanecer no Brasil, mas ela diz que não vai se submeter a Bruno. Sônia diz a André que eles vão se casar no dia seguinte e quer saber se ele vai morar junto dela na casa de Ajuricaba até o bebê nascer. André concorda e diz para avisar Ajuricaba. Os dois ficam felizes e apreensivos ao mesmo tempo. Virgínia arruma a sala de casa para o casamento, enquanto Ajuricaba resmunga e diz que nunca é consultado. Arminda demora a chegar em casa e Marisa pede a Elza para servir o jantar. Querêncio diz a Filomena que tentou ajudar Arminda, mas Teixeira disse que ele poderia atrapalhar mais do que ajudar. Diana e Filomena insistem com Querêncio, e dizem que não confiam no “varapau”. Léia liga para Joca, ele diz que está de campana e desliga. A mãe do detetive acha que ele está delirando, como Flores havia dito. Diana conversa com Filomena sobre o casamento com Tito e ela diz que acabou de vez. Newton tenta convencer Tito de que ele se envolveu com Filomena e o aventureiro diz que não está mal por isso, mas por não ter cumprido o acordo do casamento. Filó vai conversar com Sancha, que percebe sua tristeza. Joca diz a Arminda que não tem porquê eles se esconderem mais, já que ela vai embora de Ribeirão. Para surpresa de Joca, Arminda concorda e sugere ir beber alguma coisa no centro histórico. Quando descem do carro na praça, algumas pessoas estranham o casal. Joca decide levar Arminda ao Já Era. Romeu, Cardoso e Ivo estão no boteco quando o casal entra. Perplexidade geral. Léia conta a Flores que Joca sumiu. O professor diz que ele pode estar envolvido em alguma organização clandestina e Léia fica nervosa. Flores pede para ela contar tudo quando Joca reaparecer. Lorota pede para todo mundo voltar a beber, ou vão deixar Arminda sem graça. Clorís discute com Tito sobre o empréstimo e o casamento. Filomena desabafa com Sancha. O médico diz a Guilherme que sua mãe está estabilizada e vai melhorar. Patrícia conta a Carmen o que o médico disse e ela fica mais calma. Léia está sentada no colo de Flores quando Sereno entra sorrateiro e tenta contar uma fofoca, mas o professor o bota para fora. Joca deixa Arminda no Solar e tenta mais uma vez convencê-la a ficar no Brasil. Ela diz que vai tentar ficar até o final do semestre para não atrapalhar os estudos de Diana. Joca sai e Arminda relembra o dia em que o conheceu. Arminda e Querêncio conversam sobre a destituição do cargo e Diana fica angustiada. André se despede do pai e pede mais uma vez para ele ir ao casamento. Lincon diz que é impossível e Patrícia ajuda o filho com as malas. Ajuricaba resmunga sobre a decoração do casamento. Virgínia estoura de raiva acumulada e diz que ele destruiu o sonho dela e da filha de um casamento digno na igreja. Virgínia sai e Ajuricaba fica em graça e pensativo. Diana conta para Carmen que já esqueceu André, e Guilherme tenta disfarçar a felicidade. Bruno e Teixeira aguardam Arminda, que está trancada na sala ao telefone. Ajuricaba diz a Ari que não acha que o líder dos operários seja o responsável pela bomba. O delegado implica com Sérgio, dizendo que ele é um ator. Virgínia se emociona ao ver Sônia vestida para casar. Sônia usa um vestido elegante, mas não de noiva. Lincon resmunga sobre o casamento do filho para Lilian. Começa o casamento de Sônia e André.

CAPÍTULO 162: QUARTA-FEIRA: 01/11/2017
Filomena relembra um beijo de Tito e chora. Sônia e André trocam alianças. Lincon sai a passos largos da redação. Lilian esboça alguma reação, mas ele a manda cuidar do jornal. André e Sônia recebem os parabéns quando Lincon entra correndo. Ele cumprimenta o filho dá os parabéns ao casal. André fica feliz com a presença do pai. Lincon e Ajuricaba fingem que não se vêem. Diana quer que Carlos faça as pazes com Guilherme. Ajuricaba discursa e se emociona. Lincon também discursa. Arminda entrega o cargo e Bruno faz um discurso de posse dizendo que faltou pulso firme na administração. Arminda se retira discretamente. Andréa se despede, emocionada, de Arminda. Iara e Mateus percebem que Tito está triste. Tito senta-se na cama e relembra o dia em que ele e Filomena ficaram na cama e não foram para a festa na Praça do Enforcado. Ele recosta na cama, com uma expressão de sofrimento. Mateus liga para Filomena e quer marcar para encontrá-la. Ela o chama para tomar um sorvete. Arminda dispensa o motorista e volta para casa a pé. Ela passeia pelo centro histórico, sentindo-se livre e leve. Ela liga para Joca e o chama para tomar um sorvete. Joca chega e dá um beijo em Arminda, que pela primeira vez não o empurra. O detetive estranha e ela pede para ele relaxar. Arminda se diz mais leve. Tito conta para Newton que está sentindo falta de Filó e está triste. Diana não quer que Elza a busque mais na escola. Mateus chega ao Solar. Diana diz que ele é um gato e o piloto devolve o elogio, dizendo que nesse castelo só tem princesa. Diana pergunta se ele tem namorada e Elza a leva para o quarto. Filó pergunta sobre Tito e Mateus diz que ele anda calado. O piloto pergunta se é definitivo e Filó assente. Tito caminha pela praça amargurado. Mateus limpa o rosto de Filomena que está sujo de sorvete e rola um clima entre os dois, mas Elza interrompe. Tito está na porta e Filomena manda Elza deixá-lo entrar. Newton pressiona Zuleide porque suspeita que ela esteja envolvida nas fotos de Karina e Tito. Zuleide nega e Newton diz que essa brincadeira custou o casamento deles. Zuleide pede para ele ficar com Carlinhos e Newton aceita. Ela vai saindo e ele a segura, dizendo que ainda não terminou. Mateus fala que está de saída e deixa Filó com Tito. Newton diz para Zuleide não envolver Carlinhos nas armações de Karina, que chega e eles disfarçam. Tito pede que Filomena volte para a pousada para que possam ser ao menos amigos. Filó diz que vai pensar e Tito fica esperançoso. André e Sônia saem do Bar Colonial e Rosa aproveita para puxar Sérgio. Ela pede para que o rapaz fique mais um pouco e vá embora com ela. Ele tenta despistar a moça que é direta: quer ir ao motel tomar uma saideira com ele. Patrícia diz a Lincon para admitir que foi ao casamento de André para não decepcioná-lo. Ele esboça um sorriso encabulado, abraça Patrícia e lhe dá um beijo. Iara fala para Virgílio agitar o plano para tirar o dinheiro do Senador e fugir. Ajuricaba diz a Virgínia que André vai ter que ajudar nas tarefas de casa, já que não paga aluguel. Ela diz que seria um absurdo Sônia pagar aluguel para morar na própria casa. Os dois chegam e Ajuricaba lança um olhar desafiador para o rapaz.

CAPÍTULO 163: QUINTA-FEIRA: 02/11/2017
Virgílio liga para Nasinho e marcam de se encontrar no dia seguinte. Virgínia tenta aliviar o clima tenso entre Ajuricaba, Sônia e André. Ajuricaba tenta conversar em particular com seu novo genro para explicar as normas de conduta da casa, mas é cortado por Virgínia e Sônia. André diz a Sônia que fará o possível para não aceitar as provocações do delegado. Filomena desabafa com Arminda sobre a traição de Tito. A dama de ferro tenta aconselhar a amiga, que fica pensativa. Tito comenta com Iara, enciumado, a visita de Mateus a Filomena no Solar. Iara pergunta a Tito se Filó topou voltar à pousada e ele diz que ela ficou de pensar. Mateus chama Tito para tomar uma cerveja. Mateus pergunta a Tito sobre sua conversa com Filomena e leva um fora do paraquedista. Filomena se lembra das coisas que Mateus disse e fica pensativa. Zuleide confessa a Nasinho que ficou curiosa para saber como é sexo a três. Ele a convence a assistir Vera dançar. Nasinho diz a Vera que Zuleide a está convidando para ir a sua casa tomar um drinque. Zuleide fica sem graça com a proposta. Marisa liga para Esculápio para saber sobre a boate. Ao desligar o telefone, a primeira dama fica pensativa. André acorda, deixa Sônia dormindo e vai tomar café. Ajuricaba aproveita que o genro está sozinho e tenta ter a conversa do dia anterior. Sônia chega e pergunta o que está acontecendo. André explica que ele e Ajuricaba concordaram que a melhor política de convivência é o respeito entre eles. Zuleide chega atrasada na boutique e Karina pergunta o que aconteceu. Ela tenta desconversar, mas Karina a obriga a contar tudo. Zuleide fica sem graça. Virgílio diz a Nasinho que Iara pediu um milhão de reais para que o assunto se encerre de uma vez por todas. Ele fica irritado e diz que o senador ficará furioso. Virgílio concorda. Karina ameaça demitir Zuleide caso ela não conte os detalhes de sua noite com Nasinho e Vera. Ela não acredita, mas Karina a manda pagar para ver e ela decide contar. Filomena vai até o hospital dar uma força a Carmem. As duas conversam sobre o estado de Ellen e sobre o casamento de Filó. Filomena volta para o Solar e, encontra Mateus e o convida para entrar. Mateus diz que Tito não gostou de ele tê-la visitado. Filomena diz para ele não ligar, pois são amigos. Ele aproveita e diz que gostaria de ser mais que um amigo. Ela diz que ainda gosta de Tito e ele diz que a espera. Nasinho conta a Nicolau que Iara quer um milhão. Ele diz que essa chantagem tem que acabar e que o primeiro passo é matar Iara. Virgílio e Iara pensam em um plano reserva, caso o senador resolva fazer algo. O senador dá a ordem para Nasinho acabar com Virgílio e Iara.

CAPÍTULO 164: SEXTA-FEIRA: 03/11/2017
Beatriz fica curiosa com as freqüentes visitas de Nasinho a Nicolau. Ela pede para acompanhar mais de perto as documentações e o senador a corta. Ela tenta conversar com Nicolau a respeito de suas atitudes e reclama que a casa também é dela. Nasinho vai até a boate atrás de Vera, que pergunta se ele quer outro programa. Ele diz que não, que só está aguardando um cliente. Joca e Romeu conversam sobre a explosão na prefeitura e o detetive diz que tem um suspeito. Ele avista Virgílio saindo do carro e vai apressado, atrás dele. Virgílio pergunta a Nasinho se ele tem uma resposta do senador e ele diz que tem mais que uma resposta. O que deixa Virgílio intrigado. Joca entra como quem não quer nada, e observa os dois de longe. Querêncio reclama de não poder fazer nada na prefeitura. Filomena pergunta ao pai sobre os problemas da empresa. Diana aproveita o assunto e implora para que Querêncio não deixe que Arminda volte para Europa. Nasinho diz a Virgílio que o senador lhe dará dois milhões para matar Iara. Ele fica confuso, mas Nasinho o convence. Arminda diz a Diana para não se meter com a sua viagem para a Europa. Diana diz que não irá sem o Joca e ameaça a fugir. Arminda pede um voto de confiança. Joca e Arminda se encontram escondidos, ele tenta beijá-la e ela desvia. Joca conta que viu Nasinho conversando com Virgílio na boate, e decide ligar para Newton. O detetive pede para que Newton fique de olho em Virgílio, sem que ele desconfie. Nicolau conta a Flores seu plano para acabar com a chantagem de Iara. O professor ajuda, fazendo planos para quando o dossiê vier à tona. Newton dá uma bronca em Mateus por ter ido visitar Filomena. Newton chama Virgílio para tomar uma cerveja, que pergunta sobre Iara. Newton o observa desconfiado. Tito não consegue dormir e lembra da transa com Filomena. Arminda conversa com Joca sobre a ida dela para a Europa. Ele diz que não acredita que ela vá embora e Arminda diz que já se decidiu. Eles se beijam e se despedem. Léia diz a Joca que Arminda irá para Europa e o largará aqui. Ele fica irritado, faz um discurso sobre amor e vai se deitar. Aflita, ela diz que o professor tem razão que seu filho está delirando e que é tudo por causa de Arminda. Querêncio não fica contente com seus afazeres como prefeito. Virgílio diz a Iara que conversou com o senador e inventa uma desculpa para ela. Ela vai pegar outro paraquedas e ele o manuseia pensando no que Nasinho o disse no dia anterior. Com a presença de jornalistas, Querêncio, que está bêbado, recebe Quintas, o representante da presidência, e eles conversam a respeito da visita. Virgílio está resolvendo com Tito problemas da pousada e sai para receber um telefonema misterioso. Querêncio cai bêbado na frente de todos os fotógrafos. Filomena vai até a pousada para ter uma conversa com Tito.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.