Ricky Tavares e Letícia Peroni integram o elenco da novela “Rosa Choque”

Ricky Tavares (Foto: Reprodução)

Afastado da televisão desde o término de “A Terra Prometida” (de Renato Modesto), na qual viveu Zaqueu, o ator Ricky Tavares vai retornar ao ar como um universitário na próxima novela das 19h da Record TV, “Rosa Choque”, que estreia em março, no lugar de “Belaventura” (de Gustavo Reiz).

Na história, seu personagem é descrito como um rapaz de índole considerada extremamente duvidosa, que acaba se envolvendo com uma colega de turma, uma mineira tímida interpretada pela atriz Polliana Aleixo, sem demonstrar qual é sua verdadeira personalidade. O casal acaba entrando em conflito ao longo da trama por causa disso.

Quem também está convocada para a produção em questão, que fala sobre o envolvimento de uma mulher feminista com um homem machista (Dudu Azevedo), é a atriz Letícia Peroni, que viveu Princesa Úrsula em “A Terra Prometida”. Sua personagem era filha dos reis Adonizedeque (Mário Frias) e Ulla (Rafaela Mandelli).

A protagonista feminista da trama, que forma par romântico com o ator Dudu Azevedo, ainda não está definida pela emissora. As quatro candidatas que disputam o papel são as atrizes Graziela Schmitt, Juliana Baroni, Manuela do Monte e Rosanne Mulholland. Uma delas atualmente está gravando “Apocalipse” (de Vívian de Oliveira).

O elenco da novela “Rosa Choque” é formado até o momento pelos atores Beth Goulart, David Pinheiro, Dudu Azevedo, Graziela Schmitt, Juliana Baroni, Letícia Peroni, Maitê Padilha, Manuela do Monte, Polliana Aleixo, Rafael Gevú, Ricky Tavares, Rosanne Mulholland, Suzana Alves e Theo Becker. O time está em processo de escalação.

O folhetim é escrito por Cristianne Fridman, com a colaboração de Aline Garbati, Camilo Pellegrini, Fabiana Reis, Jussara Fazolo e Marco Borges. O comando do projeto, por sua vez, está correndo sob a responsabilidade do diretor geral Rudi Lagemann. Sua sucessora vai ser assinada por Gustavo Reiz e Brunno Pires.