Joana e Natanael armam contra Elizabeth na novela “O Outro Lado do Paraíso”

Bárbara Paz (Foto: Divulgação)

Nos próximos capítulos da novela “O Outro Lado do Paraíso” (de Walcyr Carrasco), Elizabeth (Glória Pires) se incomoda com a falta de atenção do seu marido, o diplomata Henrique (Emílio de Mello), principalmente no que se refere aos cuidados da única filha do casal, a pequena Adriana (Lara Cariello/Júlia Dalavia).

O sogro de Elizabeth, Natanael (Juca de Oliveira), que é parente de Estela (Juliana Caldas), Gael (Sérgio Guizé), Lívia (Grazi Massafera) e Sophia (Marieta Severo), fica furioso com sua tentativa de atrapalhar a ascensão de Henrique como embaixador do consulado dos Estados Unidos no Brasil e, por isso, resolve separá-los.

Natanael pede para a ex-namorada de Henrique, Joana (Bárbara Paz), aproximar Elizabeth de Renan (Marcello Novaes) em uma festa, com o objetivo de provar ao filho que a mãe de Adriana o trai. Em contrapartida, Joana ganha o apoio de Natanael para reconquistar Henrique e tirar Elizabeth do seu caminho.

Apesar de não saber que faz parte de um plano bastante sórdido, Renan fica encantado com a origem humilde de Elizabeth, puxa assunto sobre trabalho e os dois acabam se envolvendo em um caso extraconjugal, para a alegria de Joana e Natanael, que contratam um detetive particular para fotografá-los juntos.

Sem saber do envolvimento de Joana na armação, já que ela se passa por sua melhor amiga, Elizabeth é chantageada por Natanael com as fotos clicadas pelo detetive particular e procura Renan, pela última vez, para terminar o caso extraconjugal. Só que Renan aparece morto pouco tempo depois do encontro.

Natanael começa a chantagear Elizabeth com uma prova da sua aparição na casa de Renan pouco tempo antes da morte misteriosa e fica sem chão quando Henrique perdoa a traição. Depois disso, Elizabeth é dada como morta em uma emboscada e recomeça sua vida com um nome falso: Maria Eduarda.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.