Carla Salle é escalada para o elenco da supersérie “Onde Nascem Os Fortes”

Carla Salle (Foto: João Arraes)

No ar como Maria em “Os Dias Eram Assim” (de Ângela Chaves e Alessandra Poggi), Carla Salle vai ficar sem férias. Ela está escalada para o elenco da próxima supersérie das 23h da Rede Globo, “Onde Nascem Os Fortes”, que possui estreia prevista para abril do ano que vem.

Embora seja gravada no município de Cabaceiras, no estado da Paraíba, a história se desenrola em uma cidade fictícia, chamada Sertãozinho. Na trama, dois irmãos gêmeos, interpretados por Gabriel Leone e Lara Tremouroux, são vítimas de uma emboscada, mas saem com vida da tentativa de assassinato, com sede de vingança.

A culpa desse crime misterioso recai sob o pai dos dois, interpretado por Alexandre Nero, que tenta corromper o juiz Ramiro Curió (Fábio Assunção). A produção está correndo sob a responsabilidade dos diretores gerais Isabella Teixeira, Luísa Lima, Marcus Figueiredo e Walter Carvalho, além do diretor artístico José Luiz Villamarim.

O elenco da supersérie “Onde Nascem Os Fortes”, que é escrita pelos autores-roteiristas George Moura e Sérgio Goldenberg, é formado até o momento pelos atores Alexandre Nero, Carla Salle, Débora Bloch, Fábio Assunção, Gabriel Leone, Irandhir Santos, Jesuíta Barbosa, José Dumont, Lara Tremouroux, Lee Taylor, Pâmela Tomé e Patrícia Pillar.

Antes cotada para o papel destinado à Lara Tremouroux, Alice Wegmann está reservada para a próxima novela das 18h da emissora carioca, “Orgulho e Paixão” (de Marcos Bernstein), junto com Ary Fontoura, Carmo Dalla Vecchia, Chandelly Braz, Gabriela Duarte, Isabella Santoni, Malvino Salvador, Nathalia Dill, Thiago Lacerda e Vera Holtz.

A atriz possui em seu currículo trabalhos como, por exemplo, “Gritos Andaluzes”, “Malhação – Conectados”, “Sangue Bom”, “Babilônia”, “Totalmente Demais”, “Lata”, “Motorrad” e “Os Dias Eram Assim”. Ela ficou conhecida pelo público graças ao papel de Natália em “Malhação – Conectados” e demonstrou toda a sua versatilidade como Leila em “Totalmente Demais”.