Jackson Antunes será patrão de Bruno Cabrerizo na novela “Tempo de Amar”

Jackson Antunes (Foto: Divulgação)

Jackson Antunes vai interpretar Geraldo na próxima novela das 18h da Rede Globo, “Tempo de Amar”, que estreia dia 26 de setembro. Seu personagem é dono de um empório em São Vital, no Rio de Janeiro, para onde Inácio (Bruno Cabrerizo) se muda após ser separado de Maria Vitória (Vitória Strada).

Descrito como um homem batalhador, honesto e íntegro, Geraldo estende a mão para Inácio no momento em que ele mais precisa de ajuda para se estabelecer no Brasil. A trama, ambientada no ano de 1927, começa quando Inácio conhece Maria Vitória em Portugal, durante uma procissão religiosa em uma aldeia indígena.

Quando descobre o romance secreto, José Augusto (Tony Ramos) influencia Quintela (Zé Victor Castiel) a demitir Inácio de uma produtora de vinho e dificultar sua estadia em Portugal, o que o obriga a procurar uma alternativa para sustentar Angélica (Lívian Aragão) e Henriqueta (Nívea Maria), mesmo que em outro continente.

Maria Vitória, por sua vez, é enviada para um convento. Seu filho é entregue para adoção por Assunção (Yasmin Gomlevsky), Imaculada (Bete Mendes) e Margarida (Malu Valle). Algum tempo depois, ela foga do local com a ajuda das irmãs Felícia (Amanda de Godoi), Helena (Jessika Alves) e Natália (Giulia Gayoso).

Ao chegar no Rio de Janeiro, Maria Vitória não consegue encontrar Inácio, pois é aliciada por Lucerne (Regina Duarte) para trabalhar em um cabaré. Inácio não consegue encontrar Maria Vitória, pois é assaltado e fica cego. Fernão (Jayme Matarazzo) e Lucinda (Andreia Horta) fazem de tudo para impedir esse reencontro.

Escrita por Alcides Nogueira e Bia Corrêa do Lago, com a colaboração de Bíbi Da Pieve e Tarcísio Lara Puiati, a partir do argumento de Rubem Fonseca, a novela “Tempo de Amar” conta com a direção de Adriano Melo, Bruno Martins, Felipe Louzada, Jayme Monjardim, João Boltshauser e Marcelo Travesso.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.