Resumo Semanal: Novela “Os Dez Mandamentos”: 07/08/2017 a 11/08/2017

Guilherme Winter (Foto: Divulgação)

CAPÍTULO 010: SEGUNDA-FEIRA: 07/08/2017
Henutmire fica tensa com a presença de Joquebede e sussurra ordenando que ela deixe o palácio e que não procure mais por Moisés. Joquebede acata a ordem e diz que se sente feliz ao ver que Moisés foi criado com amor, deixando Henutmire sensibilizada. Hur não esconde sua aflição e confessa a Uri que ajudou Joquebede a entrar no palácio. Uri diz ao pai que o que ele fez foi uma loucura e que ele pode se prejudicar se for descoberto. Apuki questiona Judite sobre as roupas hebreias. Ela acaba dizendo que emprestou suas roupas a Joquebede, deixando-o desconfiado. Ele ridiculariza Judite e a chama de hebreia imunda, ameaçando chicoteá-la. Paser diz a Tuya e Seti que as feridas de Ramsés estão piorando, deixando-os inconsoláveis. Miriã e Arão ficam aliviados ao reencontrarem Joquebede.Ela diz que Moisés corre risco de vida e que eles devem orar por ele. Yunet impede Nefertari de visitar Moisés e a culpa pela tragédia que aconteceu a Ramsés. Nefertari diz que ela nunca amou ninguém e Yunet lhe dá um tapa. Disebesk descobre que Joquebede esteve no palácio e diz a Henutmire que irá encontrar o traidor que a ajudou. Disebek e Moisés se abraçam emocionados e ele diz que fez o que pode para impedir o julgamento. Arão se revolta pelos soldados egípcios terem obrigado seus filhos a trabalharem na plantação. Eliseba sente a revolta do marido e diz que ficará de olho neles e que os protegerá. Yunet se desculpa por ter agredido Nefertari e diz que está pensando em futuro melhor para ela. Eliseba sente uma pontada na barriga e percebe que está sangrando, sendo acudida pelos outros trabalhadores. Nefertari faz visita Ramsés, que finge estar desacordado. Ela diz que Moisés se negou a ficar com ela para honrar a amizade que ele tem por Ramsés e que ele está prestes a ser decapitado. Eldade diz a Arão que Eliseba está prestes a ter o bebê e que ela não está bem. Apuki barra o caminho de Arão e tenta impedi-lo de socorrer Eliseba. Seti inicia o julgamento de Moisés e o acusa de atentar contra a vida de Moisés. Ramsés surpreende a todos e interrompe o julgamento, amparado por Paser e Simut. Ele pede ao pai que não profira a sentença de Moisés antes de ouvir o que ele tem a dizer.

CAPÍTULO 011: TERÇA-FEIRA: 08/08/2017
Ramsés declara que Moisés é inocente e que agiu em legítima defesa ao acertá-lo, deixando Seti pasmo e com raiva. Moisés se emociona ao ouvi-lo chamar de irmão e Ramsés suplica a Seti que inocente Moisés. Ramsés desmaia de fraqueza e é levado por Paser e Simut para os seus aposentos. Henutmire aguarda aflita a decisão do julgamento. Arão desafia Apuki e diz que irá socorrer Eliseba, mesmo que ele o mate depois. Num impede que Apuki bata em Arão e intercede pelo amigo, que consegue a liberação do feitor. Eliseba sangra muito e se emociona ao ver Arão bastante aflito. Abigail e outra escrava amparam Eliseba e iniciam o parto. Tuya culpa Nefertari pelo estado de saúde de Ramsés e a deixa pesarosa. Eliseba dá à luz um menino e o chama de Itamar. Ela pede a Arão que cuide dele e desmaia em seguida, deixando-o desesperado. Hur incentiva Uri a lutar pelo filho e a trazê-lo para o palácio. Joquebede e Miriã vão ao socorro de Eliseba e a levam para a vila. Seti declara Moisés inocente e o olha com ódio, contrariado. Moisés abraça Disebek e sorri, feliz pela absolvição. Nefertari, Henutmire e Tuya comemoram aliviadas. Moisés vai ao encontro de Ramsés, que permanece desacordado. Ele agradece ao irmão por ter salvado sua vida e torce para que ele se recupere logo. Seti não esconde seu descontentamento e diz a Tuya que o dia de Moisés ainda chegará. Moisés abraça Henutmire e lamenta o estado de Ramsés. Num e Zelofeade desconfiam do bom humor de Apuki e suspeitam que ele esteja armando algo. Num e Zelofeade se apavoram ao ver a casa de Arão em chamas. Arão chega com Eliseba nos braços e fica em choque ao ver sua casa pegando fogo. Joquebede e Miriã amparam as crianças e ficam pasmas.

CAPÍTULO 012: QUARTA-FEIRA: 09/08/2017
Moisés e Nefertari disfarçam o desejo que sentem um pelo outro e concordam que o beijo foi um erro.  Moisés diz que não irá se perdoar se Ramsés morrer e pede a Paser que faça o possível para salvá-lo. Miriã entrega o bebê a Joquebede e ajuda os outros a apagar o fogo na casa de Arão. Disebek se mostra preocupado e diz para Henutmire que precisa punir a pessoa que ajudou Joquebede a entrar no palácio. Eliseba desperta e deixa Joquebede e os filhos aliviados. Ela descobre que sua casa está em chamas e se desespera, mas é acalmada por Joquebede. Arão se lamenta para Miriã e diz não estar conformado de ter perdido sua casa. Disebek convoca todos os servos hebreus do palácio para descobrir quem ajudou Joquebede. Hur fica tenso com a possibilidade de ser descoberto. Henutmire pergunta a Nefertari o que ela realmente sente pro Moisés e ela confessa que o ama. Nefertari chora nos braços de Henutmire e diz que tentará esquecer o amor que sente por ele e que se casará com Ramsés. Arão fica transtornado e diz a Num que irá se vingar de Apuki por ter destruído seu lar. Num tenta acalmar Arão e diz que a vingança poderá colocar a vida dele e de sua família em risco. Miriã e Amália notam o interesse de Eldade por Joquebede. Elas dizem que ele pode ser um bom partido e deixam Joquebede furiosa, fazendo-as rir. Uri e Hur ficam bastante tensos ao serem interrogados por Disebek. Os dois mentem e afirmam que não tem amigos na vila dos hebreus. Disebek dá ordem para que oficial egípcio procure por Joquebede e a mate. Seti não se apieda e diz a Henutmire que ainda se livrará de Moisés, deixando-a chocada. Arão se desespera ao ouvir Bakenmut dizer a Apuki que está atrás de Joquebede e que deve matá-la. Judite se abre entre lágrimas para Joquebede e diz que o marido a bate e a humilha. Joquebede sente pena dela e a consola, dizendo que ela deve ter fé e não se esquecer de Deus. Ramsés desperta e deixa Paser e Simut muito surpresos e alegres. Henutmire se assusta ao ouvir que Disebek mandou matar Joquebede e diz que ele não deveria ter feito isso. Oficial egípcio chega à casa de Joquebede e ela o recebe, sem saber o que lhe espera.

CAPÍTULO 013: QUINTA-FEIRA: 10/08/2017
Bakenmut força Joquebede a acompanhá-lo.  Miriã tenta impedi-lo, mas é empurrada e bate com a cabeça, desmaiando. Joquebede se desespera ao ver o estado da filha e é levada a força pelo oficial. Eliseba fica em choque e ampara Miriã, que permanece desacordada. Ramsés pede a Paser que não diga nada ao faraó sobre a sua melhora. Ele diz que tem um plano para conquistar Nefertari. Miriã desperta e diz a Eliseba que irá a procura da mãe para socorrê-la. Nefertari lamenta e diz a Moisés que sente que ele a está evitando. Moisés disfarça a paixão que ainda sente por ela e diz que a amizade deles não mudará. Uri convida o filho Bezalel para visitar o palácio e deixa Leila furiosa. Disebek pede a Ikeni  que procure  Bakenmut  o mais rápido possível e o impeça de executar Joquebede. Durante conversa, Henutmire pergunta a Hur se ele conhece alguma Joquebede e o deixa tenso. Bakenmut ordena a Joquebede que entre no barco à beira do Nilo e aumenta sua ansiedade.  Arão aproveita um momento de distração de Apuki e foge para tentar salvar a vida de Joquebede. Leila tenta impedir Uri de levar Bezalel para o palácio. Ele convence o filho a ir e ela cede, bastante frustrada. Apuki fica furioso ao descobrir que Arão fugiu. Oficiais cercam Arão na vila dos hebreus e o obrigam a voltar para a construção. Ramsés finge ainda estar muito doente e deixa Nefertari sensibilizada, dizendo que a ama. Ela não consegue corresponder à declaração e diz que torce para que ele fique bom logo. Arão diz a Apuki que ouviu ordem de oficial para matar Joquebede. Apuki fica furioso e o chicoteia, obrigando-o voltar para o trabalho. Arão não esconde seu desespero e Num tenta consolá-lo. Moisés pergunta a Disebek porque ele está preocupado com a serva que lhe levou frutas na cela e o deixa tenso.  Bakenmut leva Joquebede próximo à gruta em que ela deu à luz Moisés. Ela se recorda saudosa e diz que Deus protegeu seu filho da morte. Bakenmut zomba da fé dela e diz que irá matá-la, mandando que ela se ajoelhe. Ele ergue a espada e Joquebede abaixa a cabeça, orando baixinho.

CAPÍTULO 014: SEXTA-FEIRA: 11/08/2017
Joquebede ora com a cabeça baixa, esperando pela execução. Ikeni interrompe a execução aos gritos e diz a Bakenmut que Disebek deu ordens para poupar a vida da hebreia.  Disebek disfarça e diz a Moisés que a serva era uma invasora e que poderia atentar contra a vida dele. Moisés se interessa pela investigação e deixa Disebek preocupado com a possibilidade dele descobrir a verdade sobre Joquebede. Tuya alerta Seti sobre a vontade de Ramsés em tornar Nefertari rainha do Egito. Seti diz que não permitirá que isso aconteça e que ele escolherá a futura rainha. Ramsés finge estar entre a vida e a morte. Ele pede ao pai que o deixe escolher sua esposa, caso ele sobreviva. Henutmire fica preocupada ao saber que Moisés se interessou pela história da falsa serva que invadiu o palácio. Miriã se emociona ao reencontrar Joquebede e fica aliviada ao ver que ela está a salvo. Arão se surpreende ao ver que a mãe está viva e a abraça, aliviado e feliz. Arão sugere uma fuga, mas Joquebede e Eliseba dizem que eles não conseguirão sobreviver no deserto. Joquebede diz que Deus intercederá por eles, mas Arão se mostra incrédulo.  Moisés nota o nervosismo de Henutmire e Disebek ao perguntar sobre escrava e diz estar desconfiado de que ela era sua mãe de sangue. Henutmire perde as palavras e Disebek acaba mentindo, dizendo a Moisés que sua mãe de sangue está morta. Moisés se conforma com a história e diz que a falsa serva deve ser punida. Henutmire chora aliviada ao ouvir de Disebek que Joquebede está viva e livre. Leila chora sentindo a falta de Bezalel. Ela diz a Abigail que sente medo de que o filho se encante pela vida do palácio e não queira mais voltar para a vila. Arão fica mordido de ciúmes ao perceber que Eldade está interessado por Joquebede. Nefertari flagra Yunet se insinuando para Disebek e fica chocada. Yunet dissimula e diz para a filha que estava perguntando por Ramsés. Judite se nega a ir para a cama com Apuki e ele a esbofeteia, lhe forçando a se deitar com ele. Oficial responsável por guardar a cela de Moisés é condenado à morte por Disebek, fazendo Hur se sentir culpado. Ramsés diz estar melhor e convida Nefertari para um passei no Nilo, alegrando-a. Moisés vê os dois se divertindo juntos e se morde de ciúmes.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.