Resumo Diário: Novela “Ribeirão do Tempo”: 01/08/2017: Terça-Feira

Ana Paula Tabalipa (Foto: Divulgação)

CAPÍTULO 106: TERÇA-FEIRA: 01/08/2017
Nicolau manda Lincon fazer uma matéria sobre o noivado dele com Arminda. Tito resolve seguir por outro caminho com Filomena, enquanto Newton e Iara continuam a trilha depois do rapel. Filó fica constrangida por não estar acompanhando o ritmo. Virgílio conta a Clorís que o movimento da pousada ainda não é ideal, mas já é alguma coisa e revela que já foi casado. Lílian diz a Nicolau que não aguenta mais ser maltratada por ele. O senador a agarra na sala de Lincon. Larissa fala para Arminda que ela e Beatriz vão dar uma festa na fazenda em sua homenagem. Filomena pisa em falso algumas vezes e Tito a ajuda. Filomena e Tito chegam só à noite ao lugar onde vão acampar. Querêncio confessa à Marisa e a Esculápio que está preocupado com Filó, por ela ter ido fazer trilha. Patrícia e Lincon realizam os preparativos para a viagem. Indisposta, Arminda não consegue jantar. Diana liga para Joca e conta que Arminda não está legal. Filomena acorda e percebe que Tito já não está mais a seu lado. Ela grita pelo marido, que aparece e diz que acha melhor ela descansar mais um pouco para aguentar a volta. Arminda vê a matéria sobre o noivado na Folha da Corredeira e fica perplexa. Filomena sente dor no pé e fica preocupada. Patrícia e Lincon se despedem de André e partem. Tito carrega a mochila de Filomena para ela acelerar o ritmo. Tito e Iara seguem caminhando. Exausta, Filomena senta e diz a Newton que não consegue mais continuar. Ele vê os ferimentos no pé dela e fica preocupado.

CAPÍTULO 107: QUARTA-FEIRA: 02/08/2017
Fátima fica entusiasmada ao receber Querêncio. Flores diz a Querêncio que a tela que pintou mostra que ele previu sua missão de libertar o povo sofrido de Ribeirão. Iara começa a tratar o pé de Filomena e empresta uma meia grossa para ela. Tito se mostra impaciente. Filomena continua a caminhada. Querêncio explica ao professor que não sabe o que fazer, pois agora é dono do resort, do qual sempre foi contra. O professor aconselha Querêncio a prometer ao povo que se for eleito vai fazer um plebiscito na cidade para que todos decidam se querem ou não o resort. Ari diz a Arminda que sempre foi a favor do resort, mas agora está confuso, pois seu adversário é dono do empreendimento. O prefeito fala para a executiva que pode continuar a favor do resort se a empresa der uma grana para a campanha dele. André conta a Sônia e a Sérgio que está sozinho em casa. Sérgio fica irritado e diz que quer sair dessa história o quanto antes. Sônia liga para Ajuricaba e diz que vai passar na casa de uma amiga. Querêncio diz aos seus amigos que o povo é quem vai decidir, afinal a voz do povo é a voz de Deus. Ninguém entende nada. Filó caminha apoiada em Tito e depois em Newton. Sônia chega na casa de André e os dois se curtem. Ajuricaba encontra Sérgio na praça e ele diz que deixou Sônia no colégio. O delegado percebe a mentira. Tito chega na pousada carregando Filomena. Clorís e Virgílio se assustam ao verem o pé de Filó todo machucado. Diana conta a Arminda que tirou ótimas notas nas provas, mas a executiva não lhe dá muita atenção, pois está preocupada. Arminda liga para Joca, que não atende, mas depois acaba cedendo. Filomena pede desculpas a Tito por ter atrapalhado a caminhada deles. Querêncio sonha com Eleonora e acorda assustado. Arminda revela a Joca que o prefeito lhe pediu propina e diz que não sabe o que fazer. Sônia diz a Virgínia que tem aula o dia todo. Ela sai de casa e é seguida por Cardoso.

CAPÍTULO 108: QUINTA-FEIRA: 03/08/2017
Diana acorda atrasada e diz à Arminda que custou a pegar no sono, porque ouviu uns barulhos estranhos. Arminda desconversa e se zanga quando a adolescente pergunta o que aconteceu para ela estar tão animada. Ari manda Virgínia avisá-lo quando Arminda chegar. Cardoso observa Sônia no ônibus e, depois, entrando na casa de Lincon. Cardoso liga para o delegado, que está tomando um depoimento. Ajuricaba pede para Marta avisar Cardoso que assim que puder vai ligar para ele. Sônia e André ficam sozinhos na casa dele, na maior felicidade. Joca pega o gravador que tinha colocado na caixa de telefone da casa de Flores e substitui por outro. A pedido de Ari, Virgínia liga para Arminda, que pede para sua secretária avisar que ela não pode atendê-lo. Cardoso explica a Ajuricaba que Sônia entrou de forma suspeita numa casa e passa o endereço para ele. O delegado não acredita no que ouve e vai até o local. Iara incentiva Filomena a saltar de pára-quedas com Tito. Tito encontra Karina por acaso e os dois se falam, educadamente. Karina diz ao ex-noivo que sente pena dele e de Filomena. Ari vai até o solar conversar com Arminda, que deixa claro que a empresa não pode se arriscar cometendo um ato antiético. O prefeito vai embora furioso. Sônia faz um macarrão grudento para André, que finge que está ótimo. Ajuricaba chega e pergunta a Cardoso se Sônia entrou mesmo na casa de Lincon. Cardoso diz que sim e o delegado fala que vai invadir a casa. Joca ouve a gravação de Flores ao telefone e fica surpreso. Sônia e André estão no maior romance, quando Ajuricaba bate na porta e os manda abri-la. Sônia se esconde e André abre a porta, apavorado.

CAPÍTULO 109: SEXTA-FEIRA: 04/08/2017
Marta conta a Virgínia que Ajuricaba saiu da delegacia muito perturbado e as duas ficam preocupadas. Com a arma apontada para André, Ajuricaba insiste para o jovem dizer onde Sônia e Sérgio estão. Escondida, Sônia observa tudo. Ajuricaba manda Cardoso revistar a casa. Sônia aparece enrolada numa toalha. Ajuricaba manda Cardoso algemar André. Sônia fala para Ajuricaba que se André for algemado vai ficar nua. Cardoso algema André e Ajuricaba diz ao jovem que ele vai ser preso por pedofilia. Sônia deixa claro que está ali porque quer e chama o pai de ditador. Sônia pede para o pai soltar o namorado. Virgínia liga para o celular de Cardoso e insiste em falar com o marido. Ajuricaba diz que não vai falar e deixa Virgínia muito preocupada. Patrícia e Lincon seguem pela estrada, felizes. Ajuricaba leva André algemado para a delegacia. Ajuricaba liga para Virgínia e diz que Sônia estava na casa de Lincon. Ajuricaba chega à delegacia e manda Virgínia ir para casa com Sônia. Joca ouve mais uma vez a gravação em que Flores conversa com o general e diz que a revolução está avançando. Arminda liga para Joca e pede para ele ir até a empresa. Sônia revela a Virgínia que sempre namorou André e que Sérgio os ajudava a se livrar da perseguição de Ajuricaba. Marta fala para Ajuricaba que a prisão de André é ilegal. Possesso, o delegado afirma que assume os riscos. Filomena pergunta a Tito se ele quer que ela vá com ele para São Paulo. Ele diz que vai ser uma viagem rápida e que ela não precisa ir. Marta dá o telefone para André, que liga para os pais. André conta a Patrícia que Ajuricaba o prendeu e ainda colocou uma arma na cabeça dele. Furioso, Lincon segue em direção a Ribeirão. Arminda conta a Joca que acha que Ari vai se vingar, pois ela não cedeu ao pedido dele. Joca explica a Arminda que grampeou o telefone de Flores e revela que tem quase certeza de que quem tentou matá-lo foi o professor. Cardoso diz a Ajuricaba que fez o exame de corpo delito em André. O delegado manda Cardoso levá-lo para sua sala para prestar depoimento.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.