Letícia Isnard é Leonor na série “Filhos da Pátria”, que estreia dia 19 de setembro

Letícia Isnard (Foto: Divulgação)

A atriz Letícia Isnard interpreta Leonor na série “Filhos da Pátria”, escrita por Bruno Mazzeo, com a colaboração de Antônio Prata e Tati Bernardi, que estreia dia 3 de agosto no Globo Play e dia 19 de setembro na Rede Globo, sob a direção de Daniela Braga, Joana Jabace e Maurício Farias.

Na história, ambientada no ano de 1822, sua personagem é esposa do empresário industrial Murilo (Felipe Rocha) e irmã da dondoca falida Maria Teresa (Fernanda Torres). Para se exibir perante a sociedade carioca, na verdade, apenas para irritar Maria Teresa, ela gosta de ostentar suas joias na charrete de Murilo.

Maria Teresa, por sua vez, é casada com Geraldo (Alexandre Nero), pai de Catarina (Lara Tremouroux) e Geraldinho (Johnny Massaro), que perde todo seu dinheiro após o príncipe Dom Pedro I (Vitor Thiré) declarar a independência da colônia brasileira. Ela obriga o marido a se tornar corrupto no Paço Imperial. 

Mesmo falidos, Maria Teresa e Geraldo vivem humilhando os dois escravos que ainda lhe restam, Lucélia (Jéssia Ellen) e Domingos (Serjão Loroza), só que os dois sonham com a abolição da escravatura. Já Catarina e Geraldinho são filhos rebeldes, que fazem militância política em prol dos revolucionários comunistas da época.

Em alusão ao presidente Michel Temer, Geraldinho até grita “Fora Pedro“ em vários manifestos que acontecem na trama.

O elenco completo da série “Filhos da Pátria” é formado pelos atores Adriano Garib, Alexander Sil, Alexandre Nero, Aramis Trindade, Bruno Jablonski, Cândido Damm, Cláudio Amado, Daniela Fontan, Dida Camero, Flávio Bauraqui, Felipe Rocha, Fernanda Torres, Flávio Bauraqui, Greta Antoine, Guilherme Hamacek, Isaac Bernat, Jéssica Ellen, Johnny Massaro, Josie Antello, Karine Teles, Lara Tremouroux, Letícia Isnard, Lyv Ziese, Marcos Caruso, Marcos Hollanda, Matheus Nachtergaele, Paula Frascari, Ranieri Gonzalez, Ricardo Pereira, Saulo Laranjeira, Sérgio Loroza, Victor Lamoglia e Vitor Thiré.