Juliana Didone produz a peça teatral “Niki: Uma Artista Atormentada e Alegre”

A atriz Juliana Didone, que interpreta Brione na novela “Belaventura” (de Gustavo Reiz), personagem que entra no ar a partir do dia 25 de julho na Record TV, vai fazer sua estreia tanto como produtora quanto roteirista. Ela está captando recursos para a montagem da peça teatral “Niki: Uma Artista Atormentada e Alegre”, que entra em cartaz no ano que vem.

A história do espetáculo biográfico fala sobre a carreira e a vida da artista plástica francesa Catherine Marie-Agnès de Saint Phalle, conhecida pelo nome artístico de Niki de Saint Phalle, que vai ser interpretada por ela mesma. Após sua família ficar falida, por causa de um investimento na bolsa de valores, a personagem acaba se mudando para os Estados Unidos. 

Aos 11 anos, Niki é estuprada pelo próprio pai e resolve se mudar para a casa dos avós, onde descobre seu dom para a literatura estrangeira. Aos 21 anos, ela começa a trabalhar como modelo para se sustentar, momento a partir do qual se casa e ganha uma filha. Dois anos depois, ela começa a trabalhar como atriz e entra em depressão. 

Em decorrência de uma internação psiquiátrica, Niki abandona a carreira de atriz, escritora e modelo. Ela descobre um novo ofício ao fazer terapia de pintura no local e, depois de se livrar da depressão, se transforma em uma renomada artista plástica. A partir do seu segundo casamento, ela se redescobre como pessoa e cria o Jardim do Tarô na Itália. 

A atriz Juliana Didone possui em seu currículo trabalhos como “Desejos de Mulher”, “Mulheres Apaixonadas”, “Malhação 2004”, “Malhação 2005”, “O Profeta”, “Paraíso Tropical”, “Casos e Acasos”, “Negócio da China”, “Passione”, “Aquele Beijo”, “Surtadas na Yoga”, “Memória Tangerina: Mulheres Legendadas”, “Todo Amor”, “Talvez uma História de Amor”, “Pecado Mortal”, “Manual Prático da Melhor Idade”, “As Canalhas”, “O Hipnotizador”, “Os Dez Mandamentos” e “Belaventura”.