Lázaro incrimina Gui após Du ser pisoteado em show na novela “Rock Story”

Nos próximos capítulos da novela “Rock Story”, escrita por Maria Helena Nascimento, com a colaboração de Ângela Chaves, Cláudio Lisboa, Chico Soares, Daisy Chaves e Eliane Garcia, que chega ao fim em junho, quando estreia sua substituta, que se trata de “Pega Pega” (de Cláudia Souto), Lázaro (João Vicente de Castro) contrata Romildo (Paulo Verlings) e William (Leandro Daniel) para fazer uma armação contra Gui (Vladimir Brichta), após Mariane (Ana Cecília Costa) se arrepender de acusar o pai de Zac (Nicolas Prattes) por causa de uma falsa agressão. Antes de um show da banda 4.4, o empresário distribui três mil ingressos. 

Romildo e William cedem as cortesias gratuitamente para vários adolescentes que são fanáticos por Jaílson (Enzo Romani), JF (Maicon Rodrigues), Nicolau (Danilo Mesquita), Tom (João Vitor Silva) e Zac. Durante o evento, ocorre uma superlotação (o que é expressamente proibido por lei) e o público começa a ser pisoteado, após o início de uma disputa por quem fica mais próximo do seu ídolo. No meio de toda essa confusão, Du (Ravel Andrade) é hospitalizado com ferimentos graves e Gui é incriminado pelo acidente, pois ninguém sabe a procedência das cortesias. Romildo e William acabam se arrependendo da armação de Lázaro. 

“O negócio foi mais feio do que a gente imaginava”, comenta William. “Não valeu pegar esse serviço. A gente provocou uma tragédia, pra ganhar mixaria”, complementa Romildo. A armação dos comparsas de Alex (Caio Paduan) e Marisa (Júlia Rabello) ocorre quando Lázaro não consegue fazer a transferência do seu dinheiro desviado para o exterior, em decorrência de uma operação da receita federal em cima da corrupção política brasileira. Por causa disso, os bens do namorado de Diana (Alinne Moraes) são bloqueados e a casa do empresário volta para as mãos de Gui, devido à uma indenização de direitos autorais musicais.