Bia Arantes vive militante no filme “Real – O Plano por Trás da História”

Bia Arantes, que está no ar na novela “Carinha de Anjo” (de Leonor Corrêa), no SBT, interpreta uma militante política no filme de longa-metragem “Real – O Plano por Trás da História” (de Mikael Albuquerque), que entra em cartaz no cinema nacional a partir do dia 25 de maio, sob a direção de Rodrigo Bitencourt. Na história, ambientada no ano de 1993, sua personagem, chamada Luiza, é quem lidera os protestos promovidos por aqueles que estão insatisfeitos com a crise econômica brasileira. Então, Fernando Henrique Cardoso (Norival Rizzo), Itamar Franco (Bemvindo Sequeira) e Gustavo Franco (Emílio Orciollo Netto) decidem criar o plano real. 

O elenco do filme de longa-metragem “Real – O Plano por Trás da História” é formado pelos atores Adriane Amaral, Arthur Kohl, Bemvindo Sequeira, Bia Arantes, Blota Filho, Bruna Brignol, Caetano O’Maihlan, Carlos Meceni, Cássia Kis, Eduardo Gurman, Emílio Orciollo Netto, Fernando Eiras, Giulio Lopes, Guilherme Barros, Guilherme Magon, Guilherme Weber, Joca Andreazza, Juliano Cazarré, Klebber Toledo, Mariana Lima, Norival Rizzo, Paolla Oliveira, Ricardo Gonzaga, Ricardo Kosovski, Tato Gabus Mendes, Thiago Justini, Wagner Molina, Wladimir Candini e Zé Carlos Machado. O projeto en questão é uma coprodução entre a produtora Globo Filmes, a produtora Light House e a produtora Nation Filmes.

A atriz Bia Arantes fez trabalhos como, por exemplo, “Cama de Gato” (de Thelma Guedes e Duca Rachid), “Malhação – Conectados” (de Ana Maria Moretzohn, Ingrid Zavarezzi e Ricardo Linhares), “Entre Palavras” (de Miguel Moura), “Olhos Tristes” (de Marcoz Gomez), “Baby Dragon” (de Rodolfo Morais), “Azul Ou Aquilo Que Mais Te Inspira” (de Pedro Jones), “Memória do Amor” (de Raimundo Júnior), “O Último Virgem” (de Felipe Bretas Rilson Baco), “O Filme da Minha Vida” (de Selton Mello), “A-Traídos” (de Pedro Jones), “Sangue Bom” (de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari) e “Babilônia” (de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga).