Débora Nascimento roda o filme de longa-metragem argentino “Viaje” em Niterói

A atriz Débora Nascimento, que está descansando sua imagem na televisão desde o término da novela “Êta Mundo Bom” (de Walcyr Carrasco e Maria Elisa Berredo), na qual viveu Filomena, está rodando o filme de longa-metragem “Viaje” (de Juan José Jusid) na cidade de Niterói, localizada no estado do Rio de Janeiro, ne pele de uma caminhoneira. A história, que se trata de uma coprodução entre as empresas Boulevard Films e Funciona y Kuenta Producciones, gira em torno de um rapaz que sofre bullying no colégio e pratica um ato violento contra si próprio, para o desespero dos seus pais.

Em setembro desse ano, Débora Nascimento retorna à televisão na próxima novela das seis da Rede Globo, “Tempo de Amar”, escrita por Rubem Fonseca, Bia Corrêa do Lago e Alcides Nogueira, com a colaboração de Tarcísio Lara Puiati e Bíbi Da Pieve, que também conta com os atores Amanda de Godói, Andreia Horta, Bárbara França, Bruno Cabrerizo, Bruno Ferrari, Cássio Gabus Mendes, Giovanna Lancellotti, Laura Neiva, Letícia Sabatella, Maicon Rodrigues, Marcello Melo Jr, Marcos Pitombo, Maria Eduarda de Carvalho, Marina Moschen, Regina Duarte, Sabrina Petraglia, Tony Ramos, Vitória Strada e Werner Schunemann no elenco. A direção é de Jayme Monjardim. 

Ela iniciou sua carreira no ano de 2007, como Elisa na novela “Paraíso Tropical” (de Gilberto Braga e Ricardo Linhares). Depois, ela fez trabalhos como, por exemplo, “Duas Caras”, “Episódio Especial”, “Guerra & Paz”, “Uma Noite no Castelo”, “Viver a Vida”, “Fina Estampa”, “Acampamento de Férias 3”, “Avenida Brasil”, “Flor do Caribe”, “Geração Brasil”, “Alto Astral”, “Êta Mundo Bom”, “Cérbero”, “A Pequena Sereia”, “O Incrível Hulk”, “Budapeste”, “O Inventor de Sonhos”, “Tarzan”, “Rio, Eu Te Amo” e “Tudo Bom, Tudo Bem”. Especificamente na novela “Êta Mundo Bom”, ela viveu sua primeira protagonista. Sua personagem era uma caipira, que se mudava para uma capital.