Antonio Calloni é Arnaldo na supersérie “Os Dias Eram Assim”

Antonio Calloni é Arnaldo na supersérie “Os Dias Eram Assim”, escrita por Ângela Chaves e Alessandra Poggi, com a colaboração de Mariana Torres, que está programada para entrar no ar a partir do dia 17 de abril na Rede Globo, na faixa das onze da noite, sob a direção artística de Carlos Araújo. Na história, seu personagem é pai de Alice (Maria Carolina Basilio/Sophie Charlotte) e Fernanda (Letícia Braga/Júlia Dalavia). Marido de Kiki (Natália do Vale), com quem vive em permanente conflito, ele também é dono da construtora Amianto e apoia a ditadura.

Arnaldo faz um acordo de casamento com Cora (Susana Vieira) para unir Alice e Vitor (Daniel de Oliveira), só que sua filha mais velha, que é estudante de Letras, não aceita subir ao altar com o advogado após se encantar por Renato (Renato Góes), um nobre médico comunista. Isso é motivo de briga entre ele e Kiki. Apesar de tentar defender Alice, Fernanda sempre acaba se colocando ao lado do pai, por medo do seu autoritarismo. No capítulo vinte, o personagem morre, momento em que se toruna vítima de tortura durante uma ação da ditadura militar brasileira, que tanto apoia.

O elenco completo da supersérie “Os Dias Eram Assim” é formado pelos atores Alfredo Castro, Allexandre Colman, André Garolli, Antonio Calloni, Antônio Fagundes, Bárbara Reis, Bernardo Velasco, Bukassa Kabengele, Caio Blat, Carla Salle, Cássia Kis, Cyria Coentro, Daniel de Oliveira, Felipe Simas, Gabriel Leone, Isabella Koppel, Isabelly Alcântara, Izak Dahora, João Palma, Júlia Dalavia, Júlio Machado, Kiria Malheiros, Konstantinos Sarris, Letícia Braga, Letícia Spiller, Luiz Felipe Mello, Manu Papera, Marco Ricca, Marcos Palmeira, Maria Carolina Basilio, Maria Casadevall, Mariana Lima, Matheus Dantas, Maureen Miranda, Maurício Destri, Nando Rodrigues, Natália do Vale, Pedro Chagas, Pedro Pupak, Renato Góes, Ricardo Blat, Sophie Charlotte, Susana Vieira, Thales Coutinho e Xande Valois.