Exclusivo: Saiba mais sobre a história do filme de “Cheias de Charme”

A troca repentina de “Ti Ti Ti” (de Maria Adelaide Amaral) por “Cheias de Charme” (de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira) no “Vale A Pena Ver de Novo” ocorreu por causa de um motivo considerado bastante nobre: é que já fazem alguns anos que está sendo planejado um spin-off da novela da Rede Globo e a reprise, que possui bastante repercussão, é uma forma de chamar os telespectadores para ir ao cinema. Com orçamento de oito milhões de reais, o filme de longa-metragem “Cheias de Charme – O Filme” vai ser dirigido por José Henrique Fonseca (da série “Lúcia McCartney”).

O site Noticiasdetv.com teve acesso, com exclusividade, à sinopse de “Cheias de Charme – O Filme”, que começa a ser rodado em outubro, após o término das gravações de “A Lei do Amor” (de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari), “Novo Mundo” (de Thereza Falcão e Alessandro Marson) e “Os Dias Eram Assim” (de Ângela Chaves e Alessandra Poggi). Na história, Cida (Isabelle Drummond), Penha (Taís Araújo) e Rosário (Leandra Leal) são convencidas a fazer uma turnê revival, após anos de separação. Só que isso afeta gravemente o relacionamento delas com Elano (Humberto Carrão), Sandro (Marcos Palmeira) e Inácio (Ricardo Tozzi). 

Para piorar a situação, as empreguetes são obrigadas – por meio do contrato que assinam – a dividir o palco com Chayenne (Cláudia Abreu), uma cantora que infernizava o grupo no início da carreira delas, no passado. A princípio, os produtores acreditam que essa turnê revival é o que Cida, Penha e Rosário precisam para que a banda seja retomada. Só que, por causa dos conflitos com Elano, Sandro e Inácio, além de Chayene, o que elas mais querem é se livrar desse vínculo o mais rápido possível. Será que no final elas vão optar por dar sequência à carreira de sucesso?