Resumo Semanal: Novela “Escrava Mãe”: 02/01/2017 a 09/01/2017

Capítulo 154: Segunda-Feira: 02/01/2017

Miguel e Juliana chegam ao quilombo e são recebidos por Guiné que oferece proteção à Juliana. Miguel diz que vai atrás dos inimigos. Maria Isabel corre para abraçar Miguel que se afasta. Ela se declara, mas ele diz que só voltou por causa do amor que sente por Juliana. Miguel diz que precisa conversar com Almeida, que neste momento aparece na sala. Almeida se assusta com a presença de Miguel e avisa que se voltou para pedir em nome de uma certa escrava, perdeu seu tempo. Miguel avisa que trouxe documentos que comprovam que Almeida é bandido e terá de pagar por seus crimes. Átila diz para Filipa que continuará a busca por sua filha, mas ao lado da mulher que ama. Urraca diz para Dr. Pacheco não perder a oportunidade de se tornar um Barão e o empurra no sofá. Ela diz para Dr. Pacheco não resistir e ele fica espantado com a atitude dela. Nestor é preso e Belezinha e Irani vão falar com ele. Guilherme diz a Nestor que a justiça será feita. Miguel revela a Almeida que descobriu que ele falsificou o documento oficial e que não pode exercer a função de magistrado. Diz que Almeida deveria ter sido aprovado na Leitura de Bacharéis, em Lisboa, onde a Coroa ainda estava presente, mas ele não passou por nada disto. Almeida, com raiva, retira uma arma da gaveta, mas Miguel também pega uma arma de dentro da bolsa. Maria Isabel, com raiva, procura por Juliana e encontra uma carta de despedida. Tia Joaquina tenta tirar das mãos dela, mas Maria Isabel a enfrenta. Depois de ler a carta, Maria Isabel diz que foi melhor mesmo Juliana ter ido embora com seu pai. Miguel diz para Almeida que ele será punido não apenas por falsificar um documento oficial, mas também pelos desvios que fez durante as obras de construção da estrada, deixando de pagar o que devia ao Príncipe. Miguel dá um prazo para Almeida oficializar a liberdade de Juliana até o dia seguinte e sai. Almeida fica furioso. Maria Isabel vai atrás de Miguel pedindo perdão mas ele a ignora. Maria Isabel grita para Miguel dizendo que Juliana e ele jamais ficarão juntos. Miguel vai atrás de Kamau na casa de Esméria. Miguel pede perdão a Kamau pelo mal que seu pai o fez. Maria Isabel conta para Almeida que Kamau é pai de Juliana. Osório escuta e, com muita raiva, diz que sabia que o conhecia de algum lugar. Miguel diz para Kamau que tem planos com Juliana, mas precisa da permissão do pai para realizá-los. Maria Isabel, Almeida e Osório, muito nervosos, planejam alguma coisa contra Juliana, Miguel e Kamau. Maria Isabel revela que Kamau levou Juliana para um quilombo. Almeida manda matar todos os escravos do quilombo. Tia Joaquina vai ao quilombo e conta para Juliana que Maria Isabel já sabe de tudo. Tia Joaquina arruma Juliana para o casamento. Miguel se aproxima de Juliana e beija sua mão. De longe, uma pessoa observa tudo.

Capítulo 155: Terça-Feira: 03/01/2017

Miguel e Juliana estão felizes, um diante do outro. Tia Joaquina se aproxima e Tito Pardo também está presente. Tia Joaquina aconselha que é hora deles selarem a união. É quando Kamau surge ali, tenso, dizendo que o casamento deles não pode acontecer, para espanto de todos. Esméria está nervosa diante de Osório e diz que não sabe onde está Viriato, (Kamau). Osório revela que sabe que ele é Kamau, o escravo que fugiu e Esméria tenta disfarçar a surpresa e mantém a mentira. Genésio chega e parte pra cima de Osório com ódio. Almeida está furioso diante de Urraca, procurando papéis em algumas pastas por ali. Ele diz a Urraca que Miguel voltou da África com provas contra ele. Urraca sugere que Almeida dê Juliana a Miguel para ficar livre de acusação. Almeida insiste que deve haver outra solução e que Urraca precisa lhe ajudar. Urraca se nega a ajudar Almeida e diz que não derramará uma gota de suor para ajudá-lo. Ela lembra que o pai dele pagou seus estudos em Coimbra e que, se ele falsificou, foi porque quis. Urraca lembra Almeida que só voltou ao solar, graças a Miguel. No quilombo, Kamau está nervoso diante de Miguel, Juliana, Tia Joaquina, Tito Pardo e quilombolas. Juliana se adianta e vai até ele, pedindo que não a impeça de se casar com Miguel. Juliana convence Kamau e pede que ele faça a cerimônia. Kamau se emociona e aceita. Genésio é ferido por Osório e Esméria o ajuda com o ferimento. Catarina dobra algumas mantas da casa-grande com dificuldade e Maria Isabel a chama. Maria Isabel diz que Catarina precisa ajudá-la a convencer Miguel quando voltar à tarde, dizendo que ela mudou e que, durante sua ausência, Juliana se entregou a Almeida, enquanto ela permaneceu esperando-o. Catarina não concorda e Maria Isabel dá uma tapa no rosto de Catarina. Kamau caminha de braços dados com Juliana, em direção a Miguel. Kamau entrega Juliana a Miguel e realiza a cerimônia deles. Juliana e Miguel se beijam e são aplaudidos por todos. Filipa e Átila tentam convencer Quintiliano a aceitar o casamento deles. Guilherme discursa aos populares. Tomás e Charles distribuem panfletos aos transeuntes. Irani e Belezinha por ali. Guilherme diz às pessoas que não podem aceitar que um homem honesto e honrado como Nestor continue preso. Petúnia chega e pede para ajudar na distribuição dos panfletos. Rosalinda conversa com Dália enquanto decora a pensão com flores e diz que vai perdoar Loreto. Miguel beija Juliana e se despede indo a caminho da Câmara. Kamau o alcança e pergunta se não quer que vá junto. Miguel aconselha Kamau ficar ao lado de Juliana, pois é impossível prever o que poderá acontecer. Miguel diz a Kamau que se até o final da tarde não voltar, é sinal que deu tudo errado. Almeida conduz uma charrete por uma estrada. Alguns instantes e Miguel surge na frente dele, a cavalo. Miguel já aponta uma arma para Almeida. Maria Isabel está ansiosa a espera de Miguel e anda de um lado ao outro pela sala. Batidas na porta, é Loreto. Maria Isabel fica decepcionada pensando que fosse Miguel. Loreto diz que precisava falar com Almeida, mas Maria Isabel diz que ele foi até a corte. Em seguida, vem Esméria dizendo que tem assuntos pendentes a tratar. Maria Isabel e Loreto se surpreendem com sua chegada súbita. Esméria diz cobrir qualquer oferta pela venda de Catarina. Juliana diz que falará com Almeida e fará o que for possível. Esméria ameaça e diz que Maria Isabel terá que fazer o impossível. Maria Isabel pede para Esméria ir embora. Quando Esméria vai sair, chega Miguel com uma arma apontada para Almeida e Loreto já se alarma.

Capítulo 156: Quarta-Feira: 04/01/2017

Almeida e Miguel estão exaltados, diante de Loreto. Almeida grita e diz que não dará alforria e que os escravos pertencem a ele. Loreto repreende Miguel e diz que ele não pode tratar Almeida daquele jeito e pede para que o acompanhe. Miguel se recusa a acompanhá-lo e Almeida pede que Loreto expulse Miguel de uma vez por todas. Miguel retira documentos de dentro da bolsa e entrega a Loreto. Loreto prende Miguel e Almeida que ficam furiosos. Loreto diz que vai analisar os documentos e que no outro dia tomará uma atitude a respeito. Amanhece e Juliana está nervosa diante de Kamau que não tem notícias de Miguel. Kamau pede à Juliana que fique no quilombo enquanto ele vai até a Vila atrás de notícias. Guilherme, Tomás, Charles, Irani, Belezinha e Zé Leão estão com mais alguns populares diante de um falatório generalizado. Guilherme diz que a prisão de Nestor foi arbitrária e que ele já deveria estar solto. Zé Leão diz que ele merece um julgamento digno e que não sairão de lá sem ele. Loreto entra e pede respeito e ordem. Guilherme diz que enquanto a Câmara for comandada por um homem sem integridade, se referindo a Almeida, mas é interrompido por Loreto que diz que Almeida não será mais o presidente da Câmara. Irani pergunta sobre Nestor, e ele aparece livre e todos se surpreendem. Belezinha se joga nos braços de Nestor e todos a seguem nos cumprimentos e abraços. Loreto entra e já abre a cela de Almeida que olha para Miguel, vitorioso. Dois soldados já surgem e algemam Almeida. Loreto diz a Almeida que ele será levado imediatamente para a corte onde será julgado por representantes da Coroa.

Capítulo 157: Quinta-Feira: 05/01/2017

Catarina não aceita a comida que Osório tenta forçá-la a comer. Ela é acorrentada e fica desesperada. Osório tenta pegá-la a força. Kamau chega e manda que largue Catarina e diz que voltou para acabar com ele. Loreto encara Miguel ainda preso e diz que nada munda em relação a situação de Juliana, que ela é escrava e pertence ao comendador e que Miguel deve entregá-la ou também será condenado à morte. Maria Isabel entra, agitada, perguntando o que está acontecendo. Loreto explica os crimes que Almeida cometeu e Maria Isabel fica satisfeita. Ela diz que, com a ausência da mãe, de Teresa e Leôncio ainda criança, seria a responsável por responder tudo o que diz respeito ao Engenho do Sol, incluindo os escravos. Miguel pergunta onde Maria Isabel quer chegar. Maria Isabel diz que Juliana pertence a ela e que ele precisa voltar logo. Miguel diz que jamais ficará com ela. Maria Isabel interrompe e revela que não quer nada com Miguel, que ele não merece seu amor. Maria Isabel exige a Loreto que Miguel entregue Juliana ou seja condenado à morte.

Capítulo 158: Sexta-Feira: 06/01/2017

Penúltimo capítulo.

Capítulo 159: Segunda-Feira: 09/01/2017

Último capítulo.