Resumo Diário: Novela “Lágrimas de Amor”: 28/12/2016

Capítulo 063: Quarta-Feira: 28/12/2016

Sandra chega chorando à casa e diz a Aurora que não voltará a ver Edmundo. Por telefone, Edmundo pede a Tonho que fale com ele para esclarecer as coisas. Olga pergunta a Rômulo pelo juiz Marrufo. Rômulo diz que ele viajou para o exterior. Na casa dos Chavero, Regina e Inácio se surpreendem ao ver Consuelo após sua mudança de look. Olga diz a Rômulo que quer que Flor seja a madrinha de seu bebê. Rômulo promete a Mercedes fazer com que Olga desista dessa ideia. Edmundo escreve uma carta a Regina na qual pede que o perdoe pelos seus erros e a avisa que a pessoa perigosa é Tonho, não ele. Inácio dá seu número de telefone ao treinador, para que Matheus o contate para as lutas clandestinas. Marco sugere a Rômulo que contrate um contador, para não ter problemas com a fazenda. Rômulo diz a Augusto sobre a sugestão de Marco. Augusto fala de Benjamin e Rômulo autoriza que ele seja entrevistado. Regina diz a Inácio que quer festejar que Edmundo caiu em si e o convida para comer. Zaida e Tonho discutem. A polícia chega e Zaida consegue escapar, mas os policiais detêm Tonho e Iguana. A polícia encontra anfetaminas com Tonho. Inácio diz a Regina que participará de lutas de boxe. Edmundo e Zaida se dirigem a casa de Regina. Flor diz a Patrício que regressará com Rômulo. Na casa dos Chavero, Edmundo comenta com Regina o ocorrido no bar com Zaida. Na casa de Flor, Patrício e ela se beijam. Rômulo, por telefone, pede a Flor que o encontre fora de seu apartamento. Flor e Patrício se preocupam. Rômulo encontra Patrício na casa de Flor. Edmundo pede a Regina que o perdoe por haver se deixado levar pelo dinheiro fácil e cometer ações ilícitas. Rômulo questiona Flor sobre a presença de Patrício. Ela responde que ele foi convidá-la para ser a madrinha do bebê de Olga. Mercedes diz a Érica suspeitar que Rômulo reatou sua relação com Flor. O advogado Torijas diz a Tonho que será seu defensor. Zaida tira os pertences de Edmundo do apartamento dele. Na casa dos Chavero, Inácio e Regina veem pela televisão a notícia da morte da doutora Pastrana e a detenção de Tonho. Patrício diz a Marco e Aurora que Edmundo pretendia colocar Sandra contra ele. Sandra escuta e o desmente. O advogado Torijas chama Zaida para dar lhe instruções. Sandra discute com Patrício. Marco exige a Sandra que se desculpe com Patrício. Aurora a defende. Edmundo diz a Regina que não sabia de nada do ocorrido a doutora Pastrana até que anunciaram que haviam encontrado seu corpo. Julieta diz a Lucero que o banco tomará posse da loja. Tonho pede a Zaida que desfaça as evidencias que tem em sua casa. Tonho diz a Zaida que está certo que Edmundo foi quem o delatou a polícia. Alguns agentes chegam à casa dos Chavero atrás de Edmundo.