Resumo Semanal: Novela “Amor e Intrigas”: 24/11/2016 a 25/11/2016

Capítulo 145: Quinta-Feira: 24/11/2016

Alexandra consegue se desvencilhar de Jurandir, no instante em que Paulo chega. Alexandra disfarça e tenta enrolar Paulo, que fica desconfiado. Jurandir cumprimenta o noivo e vai embora. Paulo questiona Alexandra, que o agarra e lhe dá um beijo. Adelaide se insinua para Camilo e Dorotéia se aproxima. Ela também se insinua para Camilo, que fica sem graça. Paco tira satisfações com Eugênia, mas ela não o deixa falar. Fabíola fica irritada e avisa que não irá desistir de Paco. Felipe diz que precisa resolver umas coisas e se despede de Valquíria. Antônia convida Pedro para dar uma volta e os dois saem juntos do casamento. Ele fica triste por causa de Alice e Antônia o consola. Eugênia avisa que não tem intenção de se casar com Paco e ele não entende nada. Ela diz que eles ficarão noivos para sempre e Paco fica com medo. Mário tem uma crise de ciúmes e discute com Sílvia. Alice liga para Pedro, que a trata com frieza. Cícero faz uma visita a Eva. Paco tenta se explicar para Fabíola, mas ela o manda ir embora. Pierre vai à pensão visitar Celeste. Pierre e Cícero se cumprimentam e “simpatizam” um com o outro. Bruno liga para Sílvia. Mário entra em casa, Sílvia fica constrangida e ele percebe. Mário arranca o telefone das mãos dela e tenta escutar com quem Sílvia estava falando. Sílvia tenta pegar o telefone de volta, mas Mário escuta a voz de Bruno. Bruno desliga a ligação e Mário manda Sílvia confessar quem era. Adelaide fica irritada com João, por ele ter convidado Eugênia para o casamento de Alexandra. Ela diz que Eugênia lhe faz muito mal e que a odeia. Valquíria implora para Jacira ir à cadeia saber notícias de Petrônio. Dorotéia liga para Valquíria e diz que elas precisam conversar. Pedro e Antônia combinam de sair novamente. Mário pressiona Sílvia e a acusa de ter um amante. Sílvia chora e diz que não agüenta mais a pressão. Mário se irrita com Sílvia. Ele diz que irá dar uma volta antes que faça uma besteira. Sílvia tenta se controlar e liga para o restaurante avisando que não tem condições de trabalhar. Dorotéia pergunta a Valquíria se ela já pensou em alguma alternativa para afastar Alice do Rio de Janeiro. Marcos e Ana vão a um barzinho. Mário chega ao mesmo bar e senta numa mesa, mas Marcos e Ana não o notam. Ele bebe um uísque depois do outro. Valquíria confessa que ainda não pensou em nada. Marcos e Ana falam de Mário e Sílvia. Mário fica pasmo ao ouvir Marcos dizer que Camilo viu Sílvia saindo do prédio de Bruno. Mário não agüenta e vai para cima de Marcos, que leva um susto e tenta se soltar. Mário o manda repetir o que falou sobre Sílvia. Marcos repete e Mário se enfurece. Valquíria diz que só tem um jeito de se livrar de Alice: fazê-la sofrer um acidente. Mário entra furioso em casa e diz para Sílvia que ele já sabe de tudo. Sílvia percebe que não adianta mentir e tenta acalmar Mário, mas ele a segura com força e a empurra para o sofá. Sílvia diz que ama Mário, mas ele a rejeita e fica descontrolado. Mário tira uma arma da gaveta e aponta a arma para Sílvia.

Capítulo 146: Sexta-Feira: 25/11/2016

Sílvia implora para Mário largar a arma, mas ele fica transtornado e diz que irá acabar logo com ela. Marcos e Ana ficam com medo de que Mário faça alguma loucura. Mário coloca a mão no gatilho e Sílvia de encolhe, apavorada. Sílvia grita e pede para Mário pensar em Daniel. Ele abaixa a arma e diz que não irá sujar as mãos por causa dela, mas avisa que irá acabar com a vida de Bruno. Mário esconde a arma na roupa e sai, enquanto Sílvia fica desesperada. Felipe chega em casa e se surpreende ao encontrar Valquíria. Dorotéia disfarça e deixa os dois a sós. Dora sente saudades de Bruno. Giuseppe diz que ela está proibida de ligar para o filho. Dora espera Giuseppe deitar para dormir e liga para Bruno. Bruno fala impaciente com a mãe e a trata com frieza. Sílvia chora sozinha e liga para Bruno, mas ele não ouve o telefone tocar. Débora pensa em Petrônio e fica triste. Ela lembra que Eva estava usando um cordão igual ao dela e que ela disse ter ganhado de Petrônio. Sérgio deduz que Petrônio também estava envolvido no assalto das jóias. Débora fica arrasada. Felipe não conversa com Valquíria e ela vai embora. Sílvia tenta falar de novo com Bruno, mas ele não atende o telefone. Eugênia diz para Pierre que ela irá entrar na disputa para conquistar Camilo. Alice comenta com Janaína que Pedro sumiu de sua vida e diz estar abalada com a possibilidade de perdê-lo. Pedro diz para Antônia que está cansado de amar e receber tão pouco em troca. Felipe e Dorotéia discutem. Felipe diz que a mãe não sabe quem é o verdadeiro Bruno Molinaro e conta que os pais dele são muito simples. Dorotéia não acredita, mas fica intrigada. Bruno atende ao telefonema de Sílvia, mas quando ela vai falar de Mário, a campainha do apartamento de Bruno toca e ele desliga o telefone. Bruno abre a porta e leva um susto ao dar de cara com Mário, que já vai segurando o pescoço dele. Bruno se solta e empurra Mário para longe. Mário diz que já sabe de tudo e dá um soco em Bruno, que cai no chão. Mário fica revoltado e parte para cima de Bruno mais uma vez. Bruno manda Mário sair de sua casa, mas ele pega a arma e aponta para ele. Bruno se assusta e sai correndo em direção ao corredor do apartamento pedindo socorro. Mário dispara a arma e dá um tiro nas costas de Bruno.