close

Mariana Nunes integra o elenco da série “Carcereiros”

mariana-nunes

Após viver uma escrava chamada Blandina na novela “Liberdade, Liberdade” (de Mário Teixeira), a atriz Mariana Nunes está escalada para o elenco da série “Carcereiros” (de Dennison Ramalho, Fernando Bonassi e Marçal Aquino), que possui previsão de estreia para janeiro do ano que vem na Rede Globo, com direção artística do cineasta José Eduardo Belmonte. O time do projeto em questão, ao todo, conta com nada menos que 140 atores. Uma parte dos nomes necessários para que essa composição seja possível já foi escalada, sendo que a produção de elenco da série vai lançar muitos cantores negros como atores na história.

O elenco da série “Carcereiros” é formado até o momento pelos atores Aílton Graça, Bukassa Kabengele, Danilo de Moura, Eduardo Acaiabe, Giovanna Rispoli, JB Oliveira, Mariana Nunes, Matheus Nachtergaele, Projota, Rodrigo Lombardi e Thogun Teixeira. O protagonista é o professor de história Adriano (Rodrigo Lombardi), pai de Lívia (Giovanna Rispoli), que abandona o seu trabalho para exercer a função de agente penitenciário, visando homenagear o seu pai, o aposentado Tibério (ator não divulgado), que tinha essa mesma profissão. No presídio, ele lida com a rotina dos criminosos ao lado de Vinícius (ator não divulgado) e de Isaías (ator não divulgado). 

A atriz Mariana Nunes estreou na televisão no ano de 2003, como Francis na novela “Mulheres Apaixonadas”. Depois, ela fez os filmes “O Homem Mau Dorme Bem”, “Febre do Rato”, “Trinta”, “Blaxploitation: A Rainha Negra”, “Pelé: The Birth of a Legend”, “O Outro Lado do Paraíso” e “Maresia”. No ano de 2010, ela fez a série A Cura. No ano de 2012, ela fez as minisséries “O Brado Retumbante” e “A Menina Sem Qualidades”. No ano de 2014, ela fez as séries “Motel” e “Dupla Identidade”. Ela também viveu Mariana no filme “Alemão – Os Dois Lados do Complexo”, que virou minissérie na Rede Globo.

comentários

Tags : Carcereiros