Ailton Graça e Bukassa Kabengele farão a série “Carcereiros”

O ator Aílton Graça, que viveu o motorista Florisval na novela “Totalmente Demais” (de Rosane Svartman e Paulo Halm) e já está reservado para viver o delegado Paranhos na série “Zózimo” (de Mauro Wilson), está escalado para o elenco de outra série, “Carcereiros” (de Dennison Ramalho, Fernando Bonassi e Marçal Aquino), que possui previsão de estreia para janeiro do ano que vem na Rede Globo, com direção artística do cineasta José Eduardo Belmonte. O time do projeto em questão conta com nada menos que 140 atores, sendo que uma parte dos intérpretes já foi definida pela emissora carioca, com muitos lançamentos.

Outro profissional que está escalado para o elenco da série “Carcereiros” é o cantor estrangeiro Bukassa Kabengele, que viveu Omar na novela “Liberdade, Liberdade” (de Mário Teixeira). Ele trabalhava junto com a cafetina Virgínia (Lília Cabral) no bordel de Vila Rica, mas era espião de Rubião (Mateus Solano). O segundo era filho da primeira, mas os dois romperam relações porque Rubião foi o delator responsável pela morte do seu melhor amigo, Tiradentes (Thiago Lacerda), e da sua esposa, Antônia (Letícia Sabatella). Desde então, o intendente passou a fingir que não conhece Virgínia, principalmente por ela ter virado uma cafetina popular.

O elenco da série “Carcereiros” é formado até o momento pelos atores Aílton Graça, Bukassa Kabengele, Danilo de Moura, Eduardo Acaiabe, Giovanna Rispoli, JB Oliveira, Mariana Nunes, Matheus Nachtergaele, Projota, Rodrigo Lombardi e Thogun Teixeira. O papel principal é do ator Rodrigo Lombardi, que vai interpretar um professor de história, chamado Adriano, que é pai de Lívia (Giovanna Rispoli). Ele abandona a sua profissão para começar a trabalhar como agente penitenciário ao lado de Vinícius (ator não divulgado) e de Isaías (ator não divulgado). As cenas desse presídio vão ser gravadas nas cidades de São Bernardo do Campo e Sorocaba.