Workshops da novela “Jogo da Memória” começam em outubro

http://noticiasdetv.com/
http://noticiasdetv.com/

Com gravações marcadas para dezembro, a Rede Globo antecipou para o dia 17 de outubro o início dos workshops da sua próxima novela das onze, “Jogo da Memória”, escrita por Lícia Manzo, que estreia em abril do ano que vem, sob a direção geral de Isabella Teixeira, Luísa Lima e Marcus Figueiredo, além da direção artística de José Luiz Villamarim. O elenco conta com Adriana Esteves, Alexandre Nero, Andréa Beltrão, Cássia Kis, Cássio Gabus Mendes, Drica Moraes, Fabíula Nascimento, Gabriel Leone, Ghilherme Lobo, Irandhir Santos, Jesuíta Barbosa, João Pedro Zappa, Marco Ricca, Mariana Lima, Murilo Benício, Pâmela Tomé e Sophie Charlotte. 

A história da novela “Jogo da Memória” é dividida em três diferentes fases, daí a origem do título curioso da trama. Com cada personagem sendo defendido por até três atores diferentes, o folhetim gira em torno da árvore genealógica de uma mesma família. Na primeira fase, no início dos anos 40, um primeiro grupo de personagens toma algumas decisões sobre a sua vida, o que afeta o comportamento dos seus respectivos descendentes na segunda fase, no início dos anos 60.  As decisões desse segundo grupo, por sua vez, afetam o comportamento dos seus respectivos descendentes na terceira fase, no início dos anos 2000.

Um dos personagens principais estava reservado para o ator Domingos Montagner, que interpretou Santo na novela “Velho Chico” (de Benedito Ruy Barbosa, Edmara Barbosa e Bruno Barbosa Luperi) e morreu afogado durante as gravações da trama, no estado do Sergipe. Durante um dia de folga, ele saiu para mergulhar com a atriz Camila Pitanga, que formava o seu par romântico na produção, mas não conseguiu escapar de um grande redemoinho formado no meio do Rio São Francisco, ao passo que a sua parceira conseguiu se agarrar à uma pedra e gritar por socorro. Ela tentou salvá-lo, mas ele se recusou.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.