Robertha Portella e Mariza Marchetti integram a novela “O Rico e Lázaro”

http://noticiasdetv.com/
http://noticiasdetv.com/

As atrizes Robertha Portella e Mariza Marchetti, que estão no ar, respectivamente, como Petúnia e Rebeca em “Escrava Mãe” (de Gustavo Reiz), estão escaladas para o elenco da próxima novela bíblica da Rede Record, “O Rico e Lázaro”, escrita por Paula Richard, com a colaboração de Camilo Pellegrini, Cristianne Fridman e Joaquim Assis, que vai substituir “A Terra Prometida” (de Renato Modesto) a partir de fevereiro do ano que vem. O folhetim em questão fala sobre a construção do reino da Babilônia, que se estabelece após uma derrota contra o povo amorreu, fato que leva à escravização do povo judeu. 

A atriz Robertha Portella fez “Dona Xepa”, “Uma Noite De Arrepiar”, “Milagres de Jesus”, “Escrava Mãe” e “Plano Alto”. A atriz Mariza Marchetti fez “Mulher”, “Tele-Tema”, “Marisol”, “Seus Olhos”, “Revelação”, “Máscaras”, “Flor do Caribe”, “Escrava Mãe”, “Vento Norte”, “Black Tie”, “Raul Roulien: Um Brasileiro Em Hollywood”, “Nostra Bella Época”, “Além de Dois”, “Vidas a Três”, “Noturno”, “Boca de Ouro”, “A Moratória”, “Lisístrata”, “Hamlet”, “Sonho de Uma Noite de Verão”, “Vestido de Noiva”, “A Bela Adormecida”, “O Inferno São Os Outros”, “O Guarani”, “A Pele da Alma”, “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, “O Cortiço” e “Memórias de um Sargento de Milícias”.

O elenco da novela bíblica “O Rico e Lázaro” é formado até o momento pelos atores Adriana Garambone, Aisha Jambo, Anderson Muller, André Luiz Miranda, Ângelo Paes Leme, Augusto Garcia, Cássio Scapin, Cláudia Mauro, Christine Fernandes, Denise Del Vecchio, Felipe Cardoso, Fernando Pavão, Fernando Sampaio, Gabriel Gracindo, Gabriela Moreyra, Giselle Itié, Graziela Schmitt, Gustavo Leão, Igor Rickli, Heitor Martinez, Henri Pagnoncelli, Jorge Pontual, Kayky Brito, Lucinha Lins, Mariza Marchetti, Milena Toscano, Paulo Figueiredo, Raphael Montagner, Renato Rabello, Robertha Portella, Roger Gobeth, Saulo Meneghetti, Saulo Rodrigues, Sthefany Brito, Vera Zimmermann e Zé Carlos Machado. A direção geral é de Edgard Miranda.