- 

Thiago Martins vai viver bandido arrependido na novela “Pega Ladrão”


O ator Thiago Martins vai viver um dos quatro protagonistas de uma das próximas novelas das 19h da Rede Globo, “Pega Ladrão”, escrita por Cláudia Souto, que possui previsão de estreia para julho do ano que vem, sucedendo “Rock Story” (de Maria Helena Nascimento) e antecedendo “Fora de Órbita” (de Rui Vilhena), sob a direção geral de Luís Felipe Sá, Marcus Figueiredo, Noa Bressane e Thiago Teitelroit, além da direção artística de Luiz Henrique Rios. Ele vai interpretar Júlio, um bandido que se arrepende de assaltar um imóvel de luxo, pois não consegue usufruir do dinheiro e dos bens roubados. 

Para piorar a situação, Júlio, que comete um crime pela primeira vez na vida e não gosta da sua própria atitude, se apaixona justamente pela policial que está investigando o caso, interpretada pela atriz Andreia Horta. Ele não sabe quem ela é e vice-versa. Ao longo da história, Júlio descobre ele que está sendo procurado pela investigadora e vive o dilema de contar a verdade ou não, ciente de que vai ser preso e perder o grande amor da sua vida. Também estão reservados para o elenco da produção os atores Camila Queiroz, Marcelo Serrado, Mariana Santos e Mateus Solano.

Antes da novela “Pega Ladrão”, o ator Thiago Martins vai fazer uma participação na próxima novela das 21h da emissora carioca, “A Lei do Amor” (de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari), interpretando Tião, um atendente de banco que galga posições dentro da empresa até conquistar o cargo de diretor. Ele se casa com Heloísa (Isabelle Drummond/Cláudia Abreu) e assume a paternidade de Letícia (Isabella Santoni), que é filha dela com Pedro (Chay Suede/Reynaldo Gianecchini). Só que Magnólia (Vera Holtz) vai infernizar a vida dele. O personagem passa a ser defendido pelo ator José Mayer na segunda fase da trama.

É proibido copiar, reproduzir e reescrever, integralmente ou parcialmente, o conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro e na legislação internacional. Os direitos referentes ao conteúdo publicado são integralmente reservados ao site em questão.

comments icon 0 comments
bookmark icon

Write a comment...