- 

Novela “O Outro Homem” define a sua equipe de produção


A próxima novela das autoras-roteiristas Thelma Guedes e Duca Rachid, chamada provisoriamente pelo nome de “O Outro Homem, que marca a estreia da dupla no horário nobre da Rede Globo, na sequência de “Velho Chico” (de Benedito Ruy Barbosa, Edmara Barbosa e Bruno Barbosa Luperi), “A Lei do Amor” (de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari) e “À Flor da Pele” (de Glória Perez) , já possui a sua equipe de produção definida. Os colaboradores são Luciane Reis e Raphael Montes. A direção geral é de Allan Fiterman, André Barros e André Binder. A direção artística é de Mauro Mendonça Filho.

A novela “O Outro Homem” ia ser protagonizada pelo ator Bruno Gagliasso, só que o núcleo de dramaturgia da emissora carioca, comandado pelo diretor Sílvio de Abreu, decidiu que era melhor ele descansar a sua imagem, já que vai entrar no ar, a partir do dia 29 de agosto, como Mário em “Sol Nascente” (de Walther Negrão, Júlio Fischer e Suzana Pires), que é substituta de “Êta Mundo Bom” (de Walcyr Carrasco e Maria Elisa Berredo). Na história, ele vai viver um motoqueiro que forma quinteto amoroso com Alice (Giovanna Antonelli), César (Rafael Cardoso), Carolina (Maria Joana) e Sirlene (Renata Dominguez).

O ator Rodrigo Lombardi chegou a ser cotado para o posto, mas está reservado para “À Flor da Pele”. Com isso, Mauro Mendonça Filho pretende trabalhar com os atores Cauã Reymond e Sérgio Guizé, respectivamente, como protagonista e como vilão. Apesar da baixa do ator Bruno Gagliasso, o ator Cauã Reymond também vai emendar trabalhos: a minissérie “Justiça” (de Manuela Dias) e a minissérie Dois Irmãos” (de Maria Camargo). O ator Sérgio Guizé, por sua vez, está no ar como Candinho em “Êta Mundo Bom” e substitui o ator Marcelo Serrado, que está reservado para  “Pega Ladrão” (de Cláudia Souto).

É proibido copiar, reproduzir e reescrever, integralmente ou parcialmente, o conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro e na legislação internacional. Os direitos referentes ao conteúdo publicado são integralmente reservados ao site em questão.

 
 

comments icon 0 comments
bookmark icon

Write a comment...