- 

Sthefany Brito e Thiago Martins estrelam a peça teatral “O Grande Amor da Minha Vida“


Afastada da dramaturgia desde 2013, quando viveu Amaralina na novela “Flor do Caribe” (de Walther Negrão), a atriz Sthefany Brito dá sequência ao trabalho das atrizes Fernanda Pontes, Paloma Bernardi e Letícia Colin na peça teatral “O Grande Amor da Minha Vida“, escrita por Guel Arraes, João Falcão e Karina Falcão, sob a direção de Michel Bercovitch, que chega nesse mês ao Rio de Janeiro. Ela estreou na televisão em 1999, interpretando Hannelore em Chiquititas“. Depois, fez “Um Anjo Caiu do Céu“, “O Clone“, “Agora É Que São Elas“, “Começar de Novo“, “Páginas da Vida“, “Desejo Proibido“ e “A Vida da Gente“.

Na peça teatral “O Grande Amor da Minha Vida“, a atriz forma par romântico com o ator Thiago Martins, que está afastado da dramaturgia desde 2015, quando viveu Diogo na novela “Babilônia” (de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga). Ele vai reaparecer na televisão, no dia 3 de outubro, na primeira fase da próxima novela das 21h da Rede Globo, “A Lei do Amor” (de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari), vivendo Tião, personagem que se casa com Heloísa (Isabelle Drummond) após ela ser abandonada por Pedro (Chay Suede). Ele também vai fazer a novela Pega Ladrão” (de Cláudia Souto). 

Na história, Maria Helena (Sthefany Brito) e Luís Eduardo (Thiago Martins) são um casal de namorados. Eles são descritos como duas pessoas bem-humoradas e românticas, mas, no fundo, vivem cheias de dúvidas e de incertezas, como qualquer outro casal de namorados. Eles ganham dinheiro pelo mundo afora fazendo palestras sobre como viver um grande amor, ensinando os interessados a lidar com as diferenças e com as semelhanças de cada um, além de temas corriqueiros como amizade, briga, ciúme, família, fidelidade, futuro, trabalho e traição. Apesar de vender essas palestras como uma oportunidade única na vida, eles não possuem final feliz.

É proibido copiar, reproduzir e reescrever, integralmente ou parcialmente, o conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro e na legislação internacional. Os direitos referentes ao conteúdo publicado são integralmente reservados ao site em questão.

 
comments icon 0 comments
bookmark icon

Write a comment...