- 

Eduardo Moscovis e Antônia Morais vão protagonizar a série “Lúcia McCartney”, no canal GNT


Os atores Eduardo Moscovis (que viveu Orlando na novela A Regra do Jogo”) e Antônia Morais (que viveu Isadora na novela Guerra dos Sexos”) foram convocados para protagonizar a série “Lúcia McCartney”, adaptada de uma obra homônima de Rubem Fonseca e dirigida por José Henrique Fonseca, que estreia em meados de novembro desse ano no canal GNT, da televisão fechada. Os dois protagonistas principais vão contracenar com atores como, por exemplo, Alessandra Negrini (que viveu Suzana na novela Boogie Oogie”), Dudu Azevedo (que viveu Zur na novela “Os Dez Mandamentos) e Mariana Lima (que viveu Isabel na novela Sete Vidas”). 

Na história, a atriz Antônia Morais vai interpretar uma prostituta, de dezoito anos, que usa Lúcia como nome de guerra por causa de uma música, da banda The Beatles, chamada Lúcia McCartney. Ela mora com a sua melhor amiga, Isabela (atriz não escalada), a quem trata como uma irmã. Só que Lúcia se apaixona por um cliente rico e sedutor, José Roberto (Eduardo Moscovis), sócio de Júlia (Alessandra Negrini), que aluga um apartamento pra ela morar sozinha. Os dois vivem um romance, mas o cliente desaparece, misteriosamente, com o tempo, se comunicando apenas através de cartas com a prostituta favorita. 

A princípio, José Roberto não quer se envolver com Lúcia por ela ser prostituta, mas acaba se rendendo aos encantos dela. Lúcia, por sua vez, não quer se envolver com José Roberto por ele ser  cliente, mas também acaba se rendendo aos encantos dele. Ao longo do tempo, o cliente começa a não responder mais as cartas da prostituta, que passa a imaginar, mentalmente, alguns encontros. Desiludida, ela desiste da profissão e vai morar com tios idosos em São Paulo. A história fala sobre pessoas confusas que precisam seguir a vida, mesmo que, para isso, precisem abrir mão de algo.

É proibido copiar, reproduzir e reescrever, integralmente ou parcialmente, o conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro e na legislação internacional. Os direitos referentes ao conteúdo publicado são integralmente reservados ao site em questão.

comments icon 0 comments
bookmark icon

Write a comment...