Maria Casadevall vai viver vilã na série “Vade Retro”

http://noticiasdetv.com/
http://noticiasdetv.com/

Após interpretar Lili na série “Lili, a Ex”, Margot na novela “I Love Paraisópolise Bebel no filme de longa-metragem “No Retrovisor, a atriz Maria Casadevall está de volta à televisão, a partir de meados de março do ano que vem, na Rede Globo. É que ela vai viver a vilã Lilith na série “Vade Retro”, escrita por Alexandre Machado e Fernanda Young, sob a direção artística de Mauro Mendonça Filho, que também conta em seu elenco com os atores Cecília Homem de Mello, Emanuelle Araújo, Giulia Gam, Juliano Cazarré, Luciana Paes, Maria Luísa Mendonça, Monica Iozzi e Tony Ramos. 

Na história, Lilith é cúmplice do empresário Abel (Tony Ramos) na arte de enganar a advogada Celeste (Monica Iozzi). Conhecido como um sujeito charmoso, cavalheiro e rico, o empresário em questão, na verdade, é um verdadeiro diabo, disposto a fazer qualquer coisa para conseguir o que quer. Com a ajuda de Lilith, Abel contrata os serviços de Celeste, que é uma profissional inexperiente que só aceita o seu primeiro cliente por causa da pressão da sua mãe, Leda (Cecília Homem de Mello). O objetivo de Abel é Celeste cuidar do seu divórcio litigioso com a complicada Lucy (Maria Luísa Mendonça). 

Contudo, o que Abel quer mesmo é seduzir Celeste, ter um filho primogênito e colocá-la na sua lista de mulheres enganadas, por pura diversão, assim como já aconteceu com Lucy. Por causa dessa perseguição, a vida de Celeste se transforma em um verdadeiro inferno: ela passa acreditar que um diabo foi enviado à terra para atormentar a sua vida e fazê-la pagar por todos os seus pecados. É que a inexperiente advogada, por ter assinado um contrato de prestação de serviços, não pode se desfazer do seu cliente, motivo pelo qual é obrigada a aguentá-lo até o fim do processo.

É proibido copiar, reproduzir e reescrever, integralmente ou parcialmente, o conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro e na legislação internacional. Os direitos referentes ao conteúdo publicado são integralmente reservados ao site em questão.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.