Resumo Diário: Novela “Chamas da Vida”: 26/04/2016

http://noticiasdetv.com/
Foto: Reprodução / Matéria: Noticiasdetv.com

Capitulo 126, terça-feira, 26/04/2016

Ivonete pergunta o que Tomás está a fazer à porta da pensão. Os dois discutem, Tomás sai com o carro. Ivonete segue-o, mas perde o controle e bate com o carro. Ivonete está bem, mas finge estar inconsciente. Raissa diz a Cazé que tem que dar atenção a Gabriel. Cazé diz que Raissa o está a evitar e deixou de gostar dele. Cazé sai e vai para o samba. Junior pede a Telma par nunca mais lhe esconder nada. Arlete diz a Carolina que está a usar um aparelho de escuta para conseguir a confissão de Vilma. Ivonete diz a Suelen que Tomás é vítima da loucura de Vilma. Vivi diz a Pedro que quer fazer já o aborto. Vivi pergunta se Lipe tem como descobrir onde é a clínica. Pedro diz que não. Lipe diz a Paçoca, um homem que vive nos vagões, que precisa de descobrir em que clínica Vivi vai fazer o aborto. Lipe manda Paçoca seguir Pedro. Tomás liga para Ivonete para saber se ela está bem. Gildete mostra a Arlete a capa do jornal com a foto de Vilma. Demoro diz a Margareth que vai a casa de Vivi. Margareth não deixa. Guilherme diz a Michele que não quer que ela sinta pena dele e pede-lhe para sair da sala. Cíntia diz a Vivi que o pai dela a proibiu de ir a casa de Vivi. Vivi entende e diz que todos que andam perto dela estão a correr riscos. Guga fica chateado em saber que Demoro vai à clínica com Vivi. Paçoca dá o endereço da clínica a Lipe. Lipe pega numa roupa de médico e sorri. 

É proibido copiar, reproduzir e reescrever, integralmente ou parcialmente, o conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro e na legislação internacional. Os direitos referentes ao conteúdo publicado são integralmente reservados ao site em questão.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.