Isabella Santoni vai viver Encrenca na peça teatral “Léo e Bia”

Escalada para o elenco da próxima novela das 21h da Rede Globo, “Lobo do Amor”, escrita por Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, que estreia dia 3 de outubro no lugar de “Velho Chico”, sob a direção geral de Fabrício Mamberti e direção artística de Denise Saraceni, a atriz Isabella Santoni vai fazer outra peça teatral após o término de “Cinco Júlias” (de Matheus Souza), na qual contracena com a atriz Bruna Hamú e faz par romântico com a atriz Malu Rodrigues. Trata-se de uma nova montagem do musical “Léo e Bia”, que conta com a autoria do cantor Oswaldo Montenegro e a direção de Leonardo Talarico.

Na história, que conta ainda com os atores Amandha Monteiro, Bia Arantes, Juliana Weinem, Luísa Chicari, Marcelo Nagano e Rodolfo Karvalho no elenco, a atriz vai defender Encrenca, que, como o próprio apelido já diz, gosta de causar confusão em nome da sua liberdade de expressão. O grupo, idealista, se reúne para disseminar a sua arte com o objetivo de provocar os censores da ditadura militar em Brasília, visando um país mais justo e menos aprisionado. Só que Encrenca, a caçula da turma de amigos de classe média, se expressa de uma forma irônica e rebelde, daí o seu apelido. 

A atriz Bia Arantes (que volta às novelas em breve como Cecília em “Carinha de Anjo”) é a protagonista desse musical. A personagem dela, como na vida real, se chama Bia. A personagem, que é amiga de Encrenca, também luta pela liberdade de expressão durante a ditadura militar, mas sofre com o fato da maior repressão acontecer dentro da sua própria casa. É que a sua mãe é uma atriz frustrada que faz de tudo para a filha ficar bem longe do meio artístico, com receio de que a garota se torne mais bem sucedida do que ela mesma.