Isabelle Drummond e Rafael Infante estrelam o filme “Minha Família Perfeita”

Os atores Isabelle Drummond (que vai viver Heloísa em uma participação especial na próxima novela das 21h, “Lobo do Amor”, na Rede Globo) e Rafael Infante (que participa da websérie Porta dos Fundos” no Youtube) são os protagonistas do filme de longa-metragem de comédia “Minha Família Perfeita”, que possui previsão de estreia para setembro deste ano no cinema nacional, sob a direção de Felipe Joffily. O filme de longa-metragem em questão teve uma pequena alteração em seu nome: antes havia sido registrado apenas como “Minha Família”.

O longa-metragem “Minha Família Perfeita” também conta em seu elenco com os atores Antônia Frering, Antônio Calloni, Bianca Byington, David Lucas, Guga Coelho, Júlia Dalavia, Leonardo Franco, Otávio Augusto, Verônica Debom e Zezé Polessa. De acordo com o argumento, ao qual o site teve acesso, a história gira em torno de Frederico Marcondes (Rafael Infante), um publicitário bem-sucedido que, apesar de ter uma família estruturada, não consegue sustentar um relacionamento sério por muito tempo com qualquer mulher que seja. O motivo? A sua família é completamente fora da casinha e isso assusta as pessoas.

As coisas mudam quando Fred consegue manter um namoro com a refinada Denise (Isabelle Drummond), a ponto dos dois entrarem em um noivado. Só que tudo pode ir por água abaixo: é que Denise insiste em conhecer a família do amado, cujos pais são vividos pelos atores Otávio Augusto e Zezé Polessa. Para não estragar a oportunidade única de conseguir se casar, o publicitário contrata dois atores de um comercial de margarina, vividos pelos atores Antônio Calloni e Bianca Byington, para atuarem como os seus pais. Mas, os pais fictícios se mostram piores do que os originais e Fred se obriga a contar a verdade para Denise: pode haver ali uma chance de salvar o seu noivado com a moça. Será que a verdade vai colar?

É proibido reproduzir, reescrever ou copiar, integralmente ou parcialmente, o conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro. Todos os direitos são reservados.