Resumo Diário: Novela “Teresa”: 18/03/2016

Capítulo 120, sexta-feira, 18 de março de 2016

Luisa, chorando, diz que Mariano tentou preveni-la e ela, boba, não o escutou. Luisa diz que quer morrer, e Arthur a responde que ocorreram coisas piores, e eles sempre saíram adiante. Ele pede calma a irmã, mas jura que acertará as contas com Fernando. Joana agradece Heitor por sua compreensão, e diz estar muito feliz com Roberto. Rubens furioso diz a Genoveva que tem vontade de agredir Mariano, pois sua filha não deixa de sofrer por ele. Genoveva o sugere não se meter nos problemas da filha. Arthur agride Fernando e o insulta. Fernando tenta se justificar, dizendo que só buscava apoiar Teresa enquanto ele a tratava mal, e isso foi os aproximando, até que se apaixonaram. Oriana esbofeteia Teresa, e diz que jamais aceitará sua relação com Fernando, e que se ela faz isso para se vingar não conseguirá seus propósitos. Teresa, hipócrita, diz que realmente ama Fernando, mas se Oriana encarar isso como uma vingança pessoal, por ela está perfeito. Aurora pede perdão a Mariano por não ter aceitado ouvi-lo. Mariano responde que a ama e eles se abraçam e se beijam. Armando surpreende Teresa e Fernando se beijando, expulsa Fernando e chorando diz a Teresa que Regina sempre teve razão quanto ao comportamento da filha. Diz ainda que Teresa é calculista, manipuladora e capaz de tudo por dinheiro. Teresa se justifica dizendo que se apaixonou por Fernando e seu casamento com Arthur simplesmente não funciona. Armando diz que ninguém se apaixona e deixa de gostar assim de uma hora pra outra e sem razão aparente. Armando sofre um infarto e, agonizando, pede a Teresa que faça o que é correto. Oriana procura Arthur e o encontra bêbado. Chorando, ela diz que sempre soube que Teresa era uma alpinista social, e ninguém a deu ouvidos. Agora a próxima vítima de Teresa será Fernando. Regina se surpreende ao ver Armando morto. 

É proibido reproduzir, reescrever ou copiar, integralmente ou parcialmente, o conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro. Todos os direitos são reservados.