João Vicente de Castro será o vilão da novela “Sonha Comigo”

No ar na segunda temporada da série “Lili, a Ex” (de Caco Galhardo, Erez Milgrom e Marcelo Montenegro), como Reginaldo, irmão de Reinaldo (Felipe Rocha), ex-cunhado de Lili (Maria Casadevall) e ex-pretendente de Nadine (Mel Lisboa), o ator João Vicente de Castro, que também atuou em “O Fantástico Mundo de Gregório”“A Mulher do Prefeito”“A Noite da Virada”, “Porta dos Fundos” e “O Grande Gonzalez”, vai fazer a sua estreia no universo das novelas. Ele será o vilão de uma das próximas novelas das 19h da Rede Globo, titulada como “Sonha Comigo”.

Na história, que conta com a autoria de Maria Helena Nascimento e a supervisão de Ricardo Linhares, o ator vai se intrometer na relação entre a diretora de uma gravadora (vivida pela atriz Alinne Moraes) e um roqueiro falido (vivido pelo ator Vladimir Brichta), sendo que a empresária troca o músico por um rapaz mais novo. Os atores Herson Capri e Paulo Betti também estão reservados para o elenco da produção, que entra no ar a partir do dia 31 de outubro, na sequência de “Totalmente Demais” (de Rosane Svartman e Paulo Halm) e “Haja Coração” (de Daniel Ortiz), sob a direção geral de Maria de Médicis e a direção artística de Dennis Carvalho. 

A novela em questão vai substituir “Haja Coração”, que se trata de uma releitura de “Sassaricando”. Depois dela, em abril de 2017, Cláudia Souto faz a sua estreia como titular com a novela “Pega Ladrão”, sob a direção de Jorge Fernando. Na sequência, em outubro de 2017, Rui Vilhena volta ao ar com a novela “Fora de Órbita”, sob a direção de Gustavo Fernandez. A fila das 19h da emissora carioca conta com ainda a novela “Barba Azul” (de Antônio Calmon e Guilherme Vasconcelos) e a novela “Anos Incríveis” (de Izabel de Oliveira e Paula Amaral), que foram escolhidas para a grade do ano de 2018.

É proibido reproduzir, reescrever ou copiar, integralmente ou parcialmente, o conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro. Todos os direitos são reservados.