Resumo Diário: Novela “Teresa”: 01/03/2016

Capítulo 107, terça-feira, 01 de março de 2016

Teresa com o apoio e paciência de Arthur recobra os movimentos de seu corpo. Mariano consegue que Aída conheça seu irmãozinho. Aída se emociona com a criança e diz que ele não tem culpa da relação que o gerou. Ela pede a Esperança e Renan que levem a criança para longe e jamais permitam que Rubens tenha qualquer tipo de contato com ele. Arthur diz a Rubens que, como padrinho do bebê de Esperança, não irá permitir que o pequeno sofra e, portanto que Rubens o diga se realmente gosta da criança ou só o quer para desestabilizar Esperança. Oriana conta a Arthur que Teresa se casou com ele por interesse e que só deixou Mariano por ele não ter dinheiro, mas nunca deixou de amá-lo. Ela conta que Teresa manteve relações com Mariano um dia antes do seu casamento. Arthur sai furioso em busca de Mariano. Teresa, já recuperada e com pretexto de agradecer ao apoio recebido, vai atrás de Fernando. Mariano se surpreende ao ver Teresa de pé. Ela diz que soube que ele terminou com Aída, e que a razão foi ela. Mariano responde que isso não é verdade, e que já esqueceu Teresa, ainda mais depois de ter se dado conta que Arthur é um bom homem. Mariano finaliza a conversa dizendo que jamais voltará a cair nas armadilhas de Teresa, e que sabe que ela ama apenas a boa vida. Arthur se encontra com Ramon e reclama que Mariano segue perseguindo Teresa. Ramon responde que o que ocorreu entre Teresa e Mariano não cabe a ele, e que Teresa é que tem procurado Arthur, tanto no hospital, quanto em sua casa. Martin, zangado, diz a Aurora que Mariano segue amando Teresa, e que seguramente vai tentar algo com ela, por isso terminou com Aída. Teresa se surpreende quando Arthur diz que já sabe que ela dormiu com Mariano um dia antes de seu casamento e que cogitou a hipótese de fugir com ele.

É proibido reproduzir, reescrever ou copiar, integralmente ou parcialmente, o conteúdo do site Notícias de TV, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro. Todos os direitos são reservados.