Antônio Calloni vai emendar a minissérie “Justiça” com a novela “À Flor da Pele”

Afastado da televisão desde o fim de Além do Horizonte, produção na qual viveu o vilão LC, o ator Antônio Calloni vai emendar dois trabalhos entre este ano e o ano que vem. A partir de agosto, ele entra no ar com a minissérie Justiça, escrita por Manuela Dias, que conta com a direção geral de Walter Carvalho e a direção de núcleo de José Luiz Villamarim. Com 20 capítulos, a minissérie também terá Adriana Esteves, Cássui Gabus Mendes, Chay Suede e Vladimir Brichta no elenco.

O segundo trabalho é a novela À Flor da Pele, escrita por Glória Perez, que conta com a direção geral de Pedro Vasconcelos e a direção de núcleo de Rogério Gomes, responsáveis pelo sucesso de Além do Tempo. A novela em questão vai substituir Minha Sagrada Família, a partir de maio de 2017, que, por sua vez, será exibida na sequência de A Regra do Jogo e Velho Chico. Entre os nomes sondados para o elenco estão Aimée Madureira, Bruno Gagliasso, Cauã Reymond, Chay Suede, Lilia Cabral, Paolla Oliveira, Rafael Cardoso e Sérgio Guizé.

A minissérie Justiça vai falar sobre o cometimento de um crime que entrelaça e modifica a vida de quatro protagonistas em busca de resolução do fato na justiça, ao passo que a novela À Flor da Pele vai falar basicamente sobre amor, psicologia e transexualidade. A autora-roteirista Glória Perez vai fugir um pouco da cultura estrangeira, tema dos seus trabalhos anteriores, focando a sua narrativa no nordeste do Brasil com uma história simples sobre pessoas que possuem a capacidade de amar, argumento que funcionou muito bem com Além do Tempo, novela aclamada pela crítica.

É proibida a reprodução integral ou parcial do conteúdo deste site, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro.