Exclusivo: Carol Castro vive cantora libertina na novela “Velho Chico”

É proibida a reprodução e a modificação, integral ou parcial, do conteúdo deste site, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro.

Após interpretar Olga em Malhação – Sonhos e fazer uma participação especial em Totalmente Demais, a atriz Carol Castro vai participar da primeira fase da próxima novela das nove da Rede Globo, Velho Chico, que estreia dia 14 de março, substituindo A Regra do Jogo. Na história, ela vai interpretar Iolanda, uma cantora libertina que vive um romance avassalador com Afrânio (Rodrigo Santoro) em Salvador, na Bahia. A personagem será defendida por Christiane Torloni após uma longa passagem de tempo. 

Protegido pelo pai, Jacinto (Tarcísio Meira), também conhecido como Coronel Saruê, Afrânio é rejeitado pela mãe, Encarnação (Selma Egrei), por causa da morte do seu irmão mais velho, motivo pelo qual acha mais prudente se mudar da fictícia cidade de Grotas para Salvador. Com a morte do pai, em um duelo com Ernesto (Rodrigo Lombardi), o rapaz é obrigado a abrir mão do seu romance com Iolanda para assumir as questões políticas do pai. Afrânio acaba seduzindo Leonor (Marina Nery), mas é surpreendido com o pai da moça, Aracaçú (Carlos Betão), que obriga os dois a se casarem.

Integram o elenco da novela Velho Chico os atores Antônio Fagundes, Bárbara Reis, Bruna Caram, Camila Pitanga, Carla Fabiana, Carlos Betão, Carol Castro, Chico Diaz, Christiane Torloni, Cyria Coentro, Denise Correia, Dira Paes, Diyo Coelho, Domingos Montagner, Fabíula Nascimento, Francisco Carvalho, Gabriel Leone, Gésio Amadeu, Giullia Buscacio, Irandhir Santos, Isabella Aguiar, Ivanildo Nogueira, Larissa Góes, Lee Taylor, Leopoldo Pacheco, Luca Fontoura, Lucas Veloso, Lucy Alves, José Dumont, Júlia Dalavia, Júlio Machado, Maciel Melo, Marcélia Cartaxo, Marcelo Serrado, Marco Ricca, Marcos Palmeira, Maria Fernanda Cândido, Marina Nery, Pablo Morais, Paula Barbosa, Rafael Vitti, Rayza Alcântara, Renato Góes, Rodrigo Lombardi, Rodrigo Santoro, Rogerinho Costa, Selma Egrei, Tarcísio Meira, Umberto Magnani, Verônica Cava, Xangai e Zezita Matos. 

Escrita por Edmara Barbosa e Bruno Barbosa Luperi com a supervisão de Benedito Ruy Barbosa, a produção conta com a direção geral de Antônio Karnewale, Carlos Araújo, Gustavo Fernandez e Philippe Barcinski. A direção artística é de Luiz Fernando Carvalho.