Mel Maia será uma das protagonistas de “Liberdade, Liberdade”

É proibida a reprodução integral ou parcial do conteúdo deste site, sob pena de ação judicial pelo crime de violação de direito autoral, previsto no código penal brasileiro.

No ar em Além do Tempo como Felícia, a atriz Mel Maia já está fazendo workshop para um novo trabalho: ela está no elenco da próxima novela das 23h da Rede Globo, Liberdade, Liberdade, escrita por Márcia Prates, que estreia em abril, sob a direção geral de Vinicius Coimbra. As gravações começam entre o final de janeiro e o início de fevereiro, sendo que a produção em questão vai substituir a minissérie Ligações Perigosas e anteceder a minissérie Justiça, ambas assinadas pela estreante Manuela Dias.

Na história, Mel Maia será uma das protagonistas. É dela o papel de Joaquina, que será vivida por Andreia Horta na fase adulta. Filha de Antônia (Zezé Polessa) com Tiradentes (ator não divulgado), a personagem será abandonada pela mãe em um convento após o pai ser condenado à morte por enforcamento pela corte portuguesa. É que a rainha de Portugal (atriz não divulgada) ordenará que os filhos dos participantes da inconfidência mineira tenham as mesmas penas dos pais.

Ao passo que outros participantes serão exilados no exterior, Tiradentes será o único morto entre os condenados, motivo pelo qual Joaquina será perseguida durante toda a sua vida, sendo impedida de viver um romance com Luís Afonso (Bruno Ferrari) e sendo obrigada a fugir do país ao ver Antônia padecer de loucura após ser capturada por Rubião (Mateus Solano).

Integram o elenco da novela Liberdade, Liberdade, que vai permanecer no ar durante cerca de três meses, os atores Andreia Horta, Bruce Gomlevsky, Bruno Ferrari, Caio Blat, Dani Ornellas, Guilherme Piva, Hanna Romanazzi, Juliana Carneiro da Cunha, Ju Colombo, Laís Pinho, Letícia Isnard, Lilia Cabral, Maitê Proença, Marco Ricca, Mateus Solano, Mel Maia, Nathália Dill, Sheron Menezzes, Thiago Martins, Vitor Thiré, Yanna Lavigne, Yasmin Gomlevsky e Zezé Polessa.