A Dona: Resumo do dia 30/09/2015

Capítulo 33, quarta-feira, 30 de setembro 

O gerente do banco diz a José Miguel que se ele tiver interesse em vender ao menos uma parte de suas terras certamente interessaria a Valentina comprar. José responde que sua fazenda não está à venda e, se por ventura estivesse, ele venderia a qualquer pessoa, menos a Valentina. José diz a Valentina que está surpreso com a habilidade da moça em derrubar cercas, e que sabe que ela diretamente não o fez, mas ordenou que seus capatazes fizessem por ela. Valentina furiosa diz que ele pode pensar o que quiser. Leonor faz planos de voltar para a capital assim que Frederico morrer, e pensa em uma forma de levar José Miguel com ela. Ivana pensa que deve conquistar José Miguel. Ainda que ele não tenha muito dinheiro, ela acredita que suas terras valham muito e que essa relação é conveniente. Valentina repreende Rodrigo por ele ter derrubado a cerca que separava as fazendas. Ele responde que o fez para deixar claro que com “A Dona” não se brinca. Sandra diz a Ivana que ela deveria dar graças a Deus pelo seu “rompimento” com José Miguel. José Miguel vai atrás de Valentina, furioso. Ao chegar na “Os Caracóis” é informado que Valentina não está. Ivana chega e o cumprimenta. Como ele nem a nota, Ivana se zanga e promete conquistá-lo. Sabino pede a Leonor que fale com José Miguel para que ele não se envolva com Valentina e fique o mais longe possível de Rodrigo, pois são pessoas que podem o fazer muito mal. José Miguel encontra Valentina e a segura forte pelo braço e diz que só a soltará quando ela se desculpar por ter comprado o gado que seria dele. Assustada, Valentina diz aos seus empregados que são todos um covardes, pois nenhum levantou um dedo para defendê-la. Um dos homens diz que todos estão cansados de serem humilhados, e que qualquer dia podem se portar igual a José Miguel. Mais calmo, José Miguel se arrepende de ter humilhado Valentina em frente a seus empregados.