Resumo Semanal: A Dona: 28/09/2015 a 02/10/2015

Capítulo 31, segunda-feira, 28 de setembro

Benita se zanga ao ouvir Ivana falar mal de Valentina e a adverte que uma palavra mais e ela mesma lhe calará a boca. Isabel se surpreende e pergunta a Benita como ela pode descer ao nível de Ivana e a aconselha a ser mais prudente e menos passional. Ivana fala ao telefone com Horácio, mas faz Valentina crer que é com José Miguel. Frederico diz a José Miguel que não tema por sua enfermidade. Ele continua o confortando e diz que está pronto e em paz para morrer, que só teme por sua esposa, e pede que jamais a abandone. Sandra reclama com seu pai sobre o término de sua relação com Horácio. Ele a responde que a relação era um capricho e que ela deve pensar com calma se realmente ama Horácio. Se concluir que sim, deve lutar por ele. Valentina, furiosa, vai tirar satisfações com José Miguel por estar “roubando” seus trabalhadores. José Miguel responde que os trabalhadores estão indo por eles mesmos, e que ele não tem culpa alguma nisso. Em seguida sorri, sarcástico, e Valentina o assegura que ela mesma vai tratar de tirar esse sorriso do rosto dele. Benita diz a Isabel o quanto gostaria que Valentina e José Miguel se acertassem. Sandra encontra Ivana saindo do quarto de Horácio e exige uma explicação. Astuta, Ivana diz que só foi pedir um conselho, pois acaba de terminar com José Miguel. Isabel diz a Ivana que se talvez ela tivesse contato tudo que houve entre ela e Alonso, Valentina teria terminado o relacionamento antes de chegar ao casamento. Valentina chega nesse momento e exige que elas contem o que aconteceu entre Ivana e Alonso.

Capítulo 32, terça-feira, 29 de setembro

Isabel diz a Valentina que dias antes de seu casamento surpreendeu Alonso e Ivana se beijando, porém ele o fazia a força. Ivana diz a Valentina que só não a disse antes porque se o tivesse feito ela não teria acreditado, já que estava cega de amor. Valentina diz que era obrigação delas dizer algo tão grave, independente de ela acreditar ou não. Valentina diz a Benita que está triste por não poder confiar nem nas pessoas de sua família, as quais ama, e que agora, como nunca, dúvida do amor que Isabel e Ivana dizem sentir por ela. Benita diz a Valentina que pra ela não importa o quão fria e grosseira seja, sempre seguirá a amando como uma filha. José Miguel repreende sua mãe ao vê-la expulsando Jesus da casa grande. Ela responde que ele e seus amigos podem roubar suas coisas, e que jamais permitirá que eles tenham livre acesso a casa. Ivana procura Valentina para pedir lhe perdão. Ela diz que jamais quis magoá-la e que nunca se relacionaria com um homem comprometido com alguém de sua família, a quem ama, e se Valentina não acreditar nela, naquele mesmo momento vai embora da fazenda. Valentina responde que duvida muito que Alonso tenha a beijado a força e, quanto a ir embora da fazenda, que Ivana faça o que achar mais conveniente. Ivana fica furiosa, pois pensava que Valentina a deixaria na fazenda. Horário diz a Ivana que está na hora de se assumirem como namorados para o povoado, Ivana responde que não é o momento e que devem esperar um pouco mais. Benita surpreende Ivana e Horácio. Ivana diz que estava indo conversar com Valentina sobre o mal entendido que tiveram. Benita diz que admira muito a habilidade de Ivana em se safar de tudo, e sempre parecer como a vítima de qualquer situação. Valentina diz a Isabel que agora entende porque Ivana é sua filha, e que se sente uma tola pois todo o tempo esteve com o inimigo dentro de sua própria casa sem se dar conta. Valentina beija Benita na bochecha e a diz que isso não a autoriza a tratar de “Tininha” outra vez. José Miguel diz a Frederico que seria melhor voltarem para a capital. Ele o responde que deseja morrer na fazenda. Sabino diz a José Miguel que tem certeza que a cerca que levantaram para separar as fazendas “Os Caracóis” e “Montesinos” foi derrubada a mando de Valentina.

Capítulo 33, quarta-feira, 30 de setembro

O gerente do banco diz a José Miguel que se ele tiver interesse em vender ao menos uma parte de suas terras certamente interessaria a Valentina comprar. José responde que sua fazenda não está à venda e, se por ventura estivesse, ele venderia a qualquer pessoa, menos a Valentina. José diz a Valentina que está surpreso com a habilidade da moça em derrubar cercas, e que sabe que ela diretamente não o fez, mas ordenou que seus capatazes fizessem por ela. Valentina furiosa diz que ele pode pensar o que quiser. Leonor faz planos de voltar para a capital assim que Frederico morrer, e pensa em uma forma de levar José Miguel com ela. Ivana pensa que deve conquistar José Miguel. Ainda que ele não tenha muito dinheiro, ela acredita que suas terras valham muito e que essa relação é conveniente. Valentina repreende Rodrigo por ele ter derrubado a cerca que separava as fazendas. Ele responde que o fez para deixar claro que com “A Dona” não se brinca. Sandra diz a Ivana que ela deveria dar graças a Deus pelo seu “rompimento” com José Miguel. José Miguel vai atrás de Valentina, furioso. Ao chegar na “Os Caracóis” é informado que Valentina não está. Ivana chega e o cumprimenta. Como ele nem a nota, Ivana se zanga e promete conquistá-lo. Sabino pede a Leonor que fale com José Miguel para que ele não se envolva com Valentina e fique o mais longe possível de Rodrigo, pois são pessoas que podem o fazer muito mal. José Miguel encontra Valentina e a segura forte pelo braço e diz que só a soltará quando ela se desculpar por ter comprado o gado que seria dele. Assustada, Valentina diz aos seus empregados que são todos um covardes, pois nenhum levantou um dedo para defendê-la. Um dos homens diz que todos estão cansados de serem humilhados, e que qualquer dia podem se portar igual a José Miguel. Mais calmo, José Miguel se arrepende de ter humilhado Valentina em frente a seus empregados.

Capítulo 34, quinta-feira, 01 de outubro

Valentina chorando, garante a José Miguel que ele pagará muito caro pela humilhação que a fez passar. Filadelfo conta a Rodrigo o incidente entre José Miguel e Valentina. Furioso, Rodrigo diz que alguém deveria ter defendido “A dona”. Filadelfo responde que haviam muitos homens presenciando a cena mas que ninguém fez nada, pois a víbora mereceu. Rodrigo dá um soco nele. Rodrigo diz a Valentina que José Miguel precisa de uma lição e a pede permissão para que ele mesmo se encarregue disso. Valentina aceita, mas pede que ele não exagere ou machuque José Miguel. Maria da Luz escuta a conversa e, temerosa, diz a Benita o que ouviu. Benita procura Valentina e lhe diz que não sabe o que aconteceu, mas que parece muito exagerado o que ela está pensando fazer contra o José Miguel e, se Rodrigo causar algum dano a José Miguel, ela carregará a culpa para sempre e será tão ou mais responsável que Rodrigo pelo ocorrido. Benita grita com Valentina, afirmando que Rodrigo pode matar José Miguel. Rodrigo surpreende José Miguel e diz que veio acertar as contas com ele pelo que fez a sua patroa. José Miguel pede para que ele tire sua arma da cintura e o acerte, pois estão no lugar ideal. Valentina aparece e tira o revolver de Rodrigo. Eles brigam pela arma e ela dispara, acertando José Miguel. Valentina, desesperada, diz que não tinha intenção de ferí-lo e pede que ele permita que ela o leve ao hospital. Valentina, angustiada, diz a Felipe que o ocorrido com José Miguel foi um acidente e que ele faça tudo para ajudá-lo. Felipe diz a Valentina que José Miguel precisa ser transferido para um hospital, e que o mais próximo está a duas horas, tempo que pode levar José Miguel a morte. Felipe diz que Valentina pode ter problemas com a justiça pelo ocorrido com José Miguel. Ela responde não se importar com nada que não seja a recuperação de José Miguel. Valentina cuida de José Miguel e ele a diz que não quer morrer sem saber o gosto de um beijo dela, dado por espontânea vontade. Valentina então o beija.

Capítulo 35, sexta-feira, 02 de outubro

Valentina beija José Miguel e ele, feliz, diz que com um beijo desses qualquer um ganha ânimo para a vida e que nem se quisesse conseguiria morrer. Valentina crê ser uma brincadeira de José Miguel e diz que ele está fingindo estar mal só para ganhar um beijo seu. Ele confirma. Ele diz a Felipe que não quer que Valentina saiba, mas na verdade ele realmente se sente muito mal. Felipe diz a José Miguel que a bala não atingiu nenhum órgão interno, mas que ele perdeu muito sangue e pode contrair uma infecção. Leonor fica angustiada com a falta de notícias de José Miguel. José Miguel diz a Valentina que sua família deve estar muito preocupada com ele. Valentina diz que vai mandar avisá-los. José Miguel brinca que talvez eles estejam pensando que os dois fugiram juntos. Valentina diz que não vê nenhuma graça em seu senso de humor. O delegado mostra sua arma a Rodrigo e diz que ele está detido pelo desaparecimento de José Miguel. Felipe diz a Leonor que, acidentalmente, Valentina feriu José Miguel. Leonor ao ver Valentina, garante que ela mesma vai se assegurar que Valentina apodreça na cadeia e exige que ela saia imediatamente de perto de José Miguel. Valentina diz a Leonor que faça o que fizer, não sairá do hospital até ter certeza que José Miguel está fora de perigo e bem. Valentina se declara culpada pelo disparo acidental a José Miguel e é detida pelo delegado. Ela ainda inocenta Rodrigo do ocorrido. Rodrigo repreende Cristina e a diz que deixe de pedir favores em seu nome e, se Valentina seguir se metendo em seus problemas, se dará muito mal.