Karina Barum retorna à Rede Globo na novela Haja Coração

Afastada das novelas desde o fim de ‘Esmeralda’, exibida pelo SBT em 2004, a atriz Karina Barum, cujo último trabalho foi em um episódio do programa ‘Tribunal na TV’, exibido em 2011 pela Band, está de volta à Rede Globo. Ela foi escalada para o elenco de uma das próximas novelas das 19h da emissora carioca, ‘Haja Coração’, remake de ‘Sassaricando’, que está sendo adaptada por Daniel Ortiz e possui estreia agendada para maio de 2016, no lugar de ‘Totalmente Demais’, substituta de ‘I Love Paraisópolis’. Na Rede Globo, o último trabalho da atriz foi na novela “A Padroeira’, exibida no ano de 2001. 

Durante o tempo em que esteve longe da televisão, Karina Barum não ficou sem trabalhar. Ela focou a sua carreira em projetos voltados para o cinema e para o teatro. O seu afastamento ocorreu por conta de uma mudança para Florianópolis, cidade situada no estado de Santa Catarina, onde abriu uma empresa, na qual ministra oficinas de cinema. A atriz, em uma entrevista recente, afirmou que não pretende se mudar novamente para o Rio de Janeiro, nem para São Paulo, mas aceitou o convite para integrar o elenco da novela ‘Haja Coração’, motivo pelo qual se hospedará temporariamente na cidade.

Até o momento, o elenco pretendido para a novela ‘Haja Coração’ conta com os atores Ágatha Moreira, Alexandre Borges, Karina Barum, Carolina Ferraz, Chay Suede, Christiane Torloni, Conrado Caputo, Dani Calabresa, Gabriel Godoy, Ísis Valverde, José Loreto, Leandra Leal, Malu Mader, Marcelo Adnet, Marcelo Médici, Marcello Melo Jr, Malvino Salvador, Mônica Iozzi, Paolla Oliveira e Tatá Werneck. Pelo cronograma, os workshops desta produção, que é do mesmo autor da novela “Alto Astral”, se iniciam em janeiro de 2016 e as gravações começarão em fevereiro do mesmo ano. Muitos destes atores ainda estão no ar em outros trabalhos e ficarão sem férias.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.