Resumo Semanal: Novela “Carrossel” – 20/07/2015 a 24/07/2015

Capítulo 86, segunda-feira, 13 de julho

Valéria e Jaime chegam ao escritório de Morales, mas não conseguem falar com o empresário. A secretária mais nova dele diz que é preciso agendar um horário por telefone. As crianças insistem e a secretária pede para que eles vão embora, caso contrário, chamará os seguranças. Os dois saem. Minutos depois, a secretária mais antiga de Morales pergunta o que estava acontecendo. Assim que ela entende que se tratava de alunos da Helena, imediatamente ela pede para a secretária novata ir correndo atrás de Valéria e Jaime. Ela diz que Morales tem uma queda por Helena e que uma vez a professora esteve lá, não pode entrar na sala do chefe e isso quase fez com que todas fossem mandadas embora. A novata consegue alcançar as crianças e diz que Morales irá atendê-los. Na sala do empresário, Valéria e Jaime contam tudo o que está acontecendo com a professora Helena. Valéria pede para Morales dobrar a carga horária da professora para que ela não vá embora da escola. O empresário lamenta e diz que não pode fazer nada, afinal, a escola Mundial não possui turno da tarde. As crianças ficam tristes e vão embora. As férias já começaram, mesmo assim Suzana vai até o colégio para visitar Olívia. Na sala da diretora, Suzana tenta convencer que é a melhor opção para substituir Helena, lembra que conduziu os alunos do terceiro ano com mais disciplina do que a amada professora. Olívia acaba sendo convencida e diz que permitirá que ela assuma as aulas da classe de Helena. Morales aparece de surpresa na casa de Helena e diz que possui um projeto e que ela é a pessoa indicada para participar dele. Helena fica curiosa. Morales diz que quer abrir uma escola para seus funcionários não alfabetizados, assim eles poderão ganhar a chance de aprender e de ter mais oportunidades na vida. Helena diz que acha essa uma atitude muito bonita. Ele diz que gostaria que Helena fosse a coordenadora desse projeto. A professora fica surpresa e muito feliz. Morales diz que ela poderá permanecer com as aulas na escola Mundial e que cuidará do projeto no período da tarde, na própria escola. Helena diz que está feliz, mas que existe um agravante: já está efetivamente fora da escola. Morales diz que paga para Helena a mesma quantia que ela iria receber na nova escola e que ainda lhe dará mais alguns benefícios, caso aceite. Helena agradece e concorda em pensar melhor sobre a proposta. Eufórica, a professora conta a notícia para sua mãe e diz que aconteceu um milagre.

Capítulo 87, terça-feira, 14 de julho

Enquanto isso, Eloisa e Rafael interrogam Jaime para saber onde o menino foi com Valéria. Pressionado, o menino acaba contando que foi até o escritório de Morales pedir ajuda para a professora Helena. Rafael acha a atitude bonita e parabeniza o menino com alguns trocados para ele gaste com o que quiser. No dia seguinte, Helena vai ao escritório de Morales, diz que aceita a proposta e fica agradecida pela confiança em seu trabalho. Ao sair do escritório do empresário, a secretária de Morales afirma que ela e seus alunos são privilegiados com o empresário, que no dia anterior dois de seus alunos foram até lá sem hora marcada e mesmo assim foram atendidos. Helena fica pensativa com a revelação e percebe que as crianças foram até lá para pedir que Morales lhe ajuda-se. Inconformada, a professora entra na sala, diz que não quer mais o emprego e exige explicações. Morales revela que Jaime e Valéria estiveram lá para dizer que não podem viver sem ela. O empresário tenta argumentar com Helena, pede para que ela deixe o orgulho de lado e diz que jamais contrataria alguém sem capacidade para integrar sua equipe. Mais calma, Helena senta e os dois conversam. Enquanto isso, Miguel diz para Clara que Alberto e Rosana vão ser seus novos vizinhos. Clara fica feliz e lembra que eles possuem um filho muito educado. Miguel concorda, diz que conhece bem o Jorge e que ele está com a mesma idade de Maria Joaquina. Para Clara, Jorge pode ser uma excelente companhia para sua filha. Miguel lembra que a patricinha já tem vários amigos, mas Clara diz que ele pode até não concordar, mas acredita que é melhor para Maria Joaquina ter amigos da mesma classe social. Miguel discorda. Mais tarde, Miguel, Clara e Maria Joaquina vão visitar os novos vizinhos, que estão terminando de organizar a mudança. As meninas brincam de boneca na casa de Maria Joaquina. Além de brincar, também comentam sobre a beleza de Jorge. Maria Joaquina diz que sua família é amiga da família de Jorge e que seu pai os convidou para irem jantar em sua casa. Ela também diz que ele é muito educado e que Alberto trabalha como importador, por isso é tão rico. Enquanto isso, Cirilo vai até a casa de Jaime pedir a ajuda do amigo para comprar flores para Maria Joaquina, mas quando chegam à floricultura percebem que só possuem dinheiro para comprar algumas simples flores. Na casa dos Cavalieri, Jorge pede para o pai dinheiro para comprar rosas brancas para a patricinha. Ele quer presenteá-la antes do jantar. Na escola, Graça e Firmino conversam sobre a organização do ‘Acampa Dentro’, que acontece tradicionalmente nas férias da Escola Mundial. Mais tarde, Jorge leva o arranjo de rosas na casa de Maria Joaquina. Cirilo faz o mesmo, mas fica curioso ao se deparar com o mauricinho na sala de Maria Joaquina. Os dois conversam e Jorge diz que está lá para jantar com a menina por terem a mesma condição social. Cirilo não entende o que ele diz e resolve perguntar para quem são as flores que ele está segurando. Jorge diz que são para Maria Joaquina e que suas flores possuem qualidade e sofisticação, diferente das que Cirilo pretende dar para a patricinha. Maria Joaquina entra na sala e fica encantada com o presente de Jorge. Cirilo fica chateado e a patricinha volta a destratá-lo. Ela diz que ninguém sente falta dele. Envergonhado, Cirilo esconde seu presente e sai da casa de Maria Joaquina chorando. Jaime tenta consolar o amigo e diz que ele deveria dar as flores para sua mãe. Cirilo entrega as flores para sua mãe. Paula fica feliz e diz que as flores são lindas, ainda mais por ser um presente dele. No jantar na casa da família Medsen, Miguel tenta convencer Alberto a colocar Jorge na Escola Mundial. Miguel sugere que façam uma festa para que Jorge conheça melhor os amigos de Maria Joaquina.

Capítulo 88, quarta-feira, 15 de julho

Helena vai ao escritório de Morales e diz que decidiu aceitar o convite para coordenar o curso de alfabetização de sua empresa. Matilde passa na Escola Mundial para se despedir da diretora Olívia. Ela está entrando em férias e vai viajar para a Ásia. Matilde diz que sente que essa viagem irá mudar sua vida. Morales liga para Olívia para contar que Helena comandará o projeto de alfabetização e que também voltará a ministrar aulas na escola. Olívia não gosta da notícia. Helena entra na sala da diretora e acompanha a conversa. Olívia diz que já havia colocado Suzana para dar aula no terceiro ano e que terá que colocar Helena com uma nova turma. Helena fica chateada, mas aceita. Jorge convida Maria Joaquina para dar uma volta em seu carro amarelo, mas é Valéria que acaba indo passear com o buggy. Jorge faz elogios para Valéria e Maria Joaquina fica enciumada. Davi observa tudo atrás de uma árvore e fica bravo. Mais tarde, na casa abandonada, os meninos estão reunidos para papear. Os garotos falam que Jorge está se achando muito e Davi diz que Valéria não gosta mais dele. Mudando de assunto, Jaime diz que teve a ideia de montar uma banda de rock para se apresentarem em um programa de televisão. Os meninos ficam empolgados e começam a imaginar como seria. Jaime diz que a banda irá se chamar Carrossel. A mãe de Valéria vê uma reportagem sobre o desfecho do sequestro de Maria Joaquina, onde Jaime é apontado como o grande herói. Empolgada, Rosa decide ir dar a boa notícia aos pais de Jaime. Miguel leva Alberto e Jorge para conhecerem a oficina e também Rafael. O pai de Jaime fica impressionado com as qualidades de Jorge, que estuda vários idiomas. Mais tarde, Jaime chega a casa, conta a ideia da banda e pede o “paitrocínio” de Rafael, que fica irritado. O mecânico diz que Jaime não quer nada com nada, que vive na rua e que é motivo de desgosto. Irritado, pede para o menino se retirar. Jaime fica muito abalado. Jaime vai até a casa abandonada para contar para os meninos que está triste com seu pai e que está pensando em fugir. Rosa chega à casa de Jaime e encontra  Eloisa e Rafael. A mãe de Valéria mostra a revista e diz que teria muito orgulho dele, caso fosse seu filho. Feliz, Rafael pede para Eloisa ir correndo na banca comprar todas as revistas que possuem matérias sobre o filho. Jaime volta para casa com a decisão de fugir, mas se depara com Rafael.

Capítulo 89, quinta-feira, 16 de julho

O mecânico diz que sente muito orgulho do filho, dá dinheiro para o menino montar a banda de rock e diz que as vezes fala besteira. Jaime fica muito contente. Suzana está visitando um museu, quando é surpreendida por um antigo amigo, Renê (Gustavo Wabner). Os dois conversam sobre vários assuntos, entre eles, a Escola Mundial. Renê, que é professor de música, diz que conhece Olívia e Matilde. Suzana dá em cima de Renê, que educadamente desconversa. Os dois vão até uma sorveteria conversar. No outro dia, as crianças começam a arrumar o que irão levar para o ‘Acampa Dentro’. Também é o aniversário de Graça. Firmino dá os parabéns para a amiga. Os dois fazem os últimos ajustes na escola para receber as crianças. Enquanto Adriano arruma suas coisas para o ‘Acampa Dentro’, sua meia falante pede para ir junto. Adriano diz que não, mas a meia entra escondida em sua mochila. As crianças chegam à escola para o dia do acampamento. A diretora Olívia informa que Suzana é a nova professora da turma. Os alunos ficam desmotivados. Graça e Firmino conversam e decidem fazer com que as crianças fiquem animadas. Os alunos começam a montar as barracas na sala de aula. Suzana anuncia o início das gincanas. Os alunos são divididos em três equipes, sendo que Cirilo é sorteado para ficar na mesma equipe de Maria Joaquina. As equipes se dividem para criar um nome e também um grito de guerra. No pátio, Suzana diz que as gincanas e a caça ao tesouro começaram. Os alunos brincam de dança na cadeira, ovo na colher e cabra-cega. A professora afirma que será servido um jantar especial e que as crianças terão uma surpresa: um emocionante baile. As meninas vibram.

Capítulo 90, sexta-feira, 17 de julho

As meninas vão até a barraca de Maria Joaquina, que é a maior de todas da sala. Elas dizem que adoraram a surpresa preparada por Suzana. Enquanto isso, Graça termina de preparar o jantar italiano, com muita pizza. No final do jantar, a luz do pátio abaixa, um globo de dança aparece e começa a tocar a música ‘My Girl’. As crianças ficam eufóricas. Diferente das meninas, os meninos não gostam da ideia do baile. Olívia observa tudo de sua sala, diz que esse baile vai terminar em confusão e lembra que nunca foi tirada para dançar. Suzana pede para que os meninos tirem as meninas para dançar, mas eles se negam. Cirilo é o único que está empolgado com o sonho de dançar mais uma vez com Maria Joaquina. A professora pede para que as meninas tirem seus pares. Maria Joaquina é a primeira e convida Daniel. Cirilo fica decepcionado. As demais meninas fazem o mesmo e escolhem seus pares. Cirilo é o único que não é escolhido e acaba ficando sozinho. Helena surge na escola e surpreende Cirilo. A professora convida ele para dançar. O menino abre um sorriso e finalmente pode participar do baile. Olívia não entende como Helena soube do ‘Acampa Dentro’, mas decide não interferir para observar como será a atitude de Suzana. As demais crianças percebem a presença de Helena e vão abraçá-la. Suzana fica irritada e decreta o fim do baile. Olívia permite que Helena ajude na caça ao tesouro das crianças. Paulo e Kokimoto planejam assustar os colegas na hora de dormir. Helena, Graça e Firmino se fantasiam para dar dicas de onde está o tesouro. As crianças chegam até o local da última pista, onde aparece Olívia. Fantasiada de Capitão Gancho, a diretora assusta as crianças e Jaime bate na cabeça dela com um livro. Olívia desmaia. As crianças percebem que o Capitão Gancho era Olívia e ajudam ela a levantar. A diretora decide continuar com a brincadeira e fala a última charada. Todos acham muito difícil. Para surpresa da galerinha, Jaime desvenda a charada e descobre qual é o tesouro. A diretora diz que já está na hora de todos irem dormir.