Morre a atriz Vanja Orico, única brasileira que trabalhou com o cineasta Federico Fellini

Vítima de um câncer de intestino, a atriz Vanja Orico morreu, aos 83 anos de idade, na última quarta-feira, dia 28 de janeiro, no Rio de Janeiro. Ela foi a única brasileira que trabalhou com o cineasta Federico Fellini, no filme Mulheres e Luzes, obra que recebeu várias indicações para prêmios.

Mãe do diretor Adolfo Rosenthal, cujo último trabalho foi o telefilme Manual Prático da Melhor Idade, na Rede Record, a atriz também participou de outros trabalhos, dos quais se destacam O Cangaceiro, Lampião – O Rei do Cangaço e Jesuíno Brilhante – O Cangaceiro, tendo sido torturada durante a ditadura militar.

É proibida a reprodução do conteúdo do site Noticiasdetv.com, sob pena de ação judicial por crime de violação de direito autoral, previsto na legislação internacional.